Os Saberes Geométricos mais Significativos: uma análise dos programas primários de São Paulo (1890-1950)

  • Claudia Regina Boen Frizzarini Mestranda do Programa de Pós Graduação em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, Campus Guarulhos.

Resumo

A presente comunicação tem como objetivo discutir acerca dos saberes geométricos propostos nos programas do curso primário paulista de 1890 até 1950. Para tanto, serão investigados dois conteúdos emblemáticos que permanecem nos sete programas que perduraram nesse período: taquimetria e sólidos geométricos. Como ferramental teórico-metodológico são utilizados os conceitos de Cultura Escolar (JULIA, 2001) e história das disciplinas escolares (CHERVEL, 1999) que fomentam a investigação no âmbito histórico ao remeter a escola como detentora de sua própria cultura e intenções construídas dentro e para ela. A análise dos conteúdos elencados revela que os movimentos educacionais da Pedagogia Moderna e da Escola Ativa evidenciados no período de 1890 a 1950 influenciaram fortemente nas metodologias e aplicações dos conteúdos nos sete programas averiguados nesta pesquisa.

Referências

CHARTIER, R. A história cultural – entre práticas e representações. Lisboa: Difel; Rio de Janeiro: Bertrand Brasil S.A., 2002.

CHERVEL, A. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, n.2. Porto Alegre, RS, 1990.

FREIRE, O. Primeiras Noções de Geometria Prática. Rio de janeiro: Francisco Alves & Cia, 1907.

FRIZZARINI, C.R.B. Do ensino intuitivo para a escola ativa: os saberes geométricos nos programas do curso primário paulista. 2014. 160f. Dissertação (Mestrado em Educação e Saúde) – Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, 2014.

JULIA, D. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação. Campinas, SP. SBHE/Editora Autores Associados. Jan/jun. no. 1, 2001.

MILANO, M. Manual do ensino primário. Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte: Livraria Francisco Alves, 1938.

SÃO PAULO. Decreto n.º 248, de 26 de julho de 1894. Aprova o regimento interno das escolas públicas. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, 1894. Disponível em: <http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/1894/decreto-248-26.07.1894.html>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Decreto n.º 1281, de 24 de abril de 1905. Aprova e manda observar o programa de ensino para a escola modelo e para os grupos escolares. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, 1905. Disponível em:<http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/1905/decreto-1281-24.04.1905.html>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Decreto n.º 2944, de 08 de agosto de 1918. Aprova o regulamento para a execução da Lei nº 1579, de 19.12.1917, que estabelece diversas disposições sobre a instrução pública do Estado. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, 1918. Disponível em: http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/1918/decreto-2944-08.08.1918.html>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Decreto n.º 3356, de 31 de maio de 1921. Regulamenta a Lei nº 1750, de 8 de dezembro de 1920, que reforma a instrução pública. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, 1921. Disponível em: <http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/1921/decreto-3356-31.05.1921.html>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Secretaria de Estado dos Negócios da Educação. Programa para o ensino primário fundamental: 1º ano. São Paulo: Francisco Alves; Paulo de Azevedo limitada. (Ato 17, de 23 de fevereiro de 1949.), 1949a. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/99656>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Secretaria de Estado dos Negócios da Educação. Programa para o ensino primário fundamental: 2º ano. São Paulo: Francisco Alves; Paulo de Azevedo limitada. (Ato 24, de 7 de abril de 1949.), 1949b. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/99657>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Secretaria de Estado dos Negócios da Educação. Programa para o ensino primário fundamental: 3º ano. São Paulo: Francisco Alves; Paulo de Azevedo limitada. (Ato 46, de 26 de julho de 1949.), 1949c. Disponível em:

<https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/104783>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Secretaria de Estado dos Negócios da Educação. Programa para o ensino primário fundamental: 4º ano. São Paulo: Francisco Alves; Paulo de Azevedo limitada. (Ato 5, de 9 de janeiro de 1950.), 1950d. Disponível em:

<https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/104786>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Secretaria de Estado dos Negócios da Educação. Programa para o ensino primário fundamental: 5º ano. São Paulo: Francisco Alves; Paulo de Azevedo limitada. (Ato 35, de 22 de abril de 1950.), 1950e. Disponível em:

<https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/104789>. Acesso em: 4 jun. 2014.

_______________. Secretaria de Estado dos Negócios da Educação. Programa para o ensino primário fundamental comum de desenho, trabalhos manuais e economia doméstica, canto, educação sanitária e educação física. São Paulo: Francisco Alves; Paulo de Azevedo limitada. (Ato 65, de 29 de agosto de 1950.), 1950f. Disponível em:

<https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/104778>. Acesso em: 4 jun. 2014.

SECRETARIA DOS NEGÓCIOS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE PÚBLICA. Programa de Ensino para as Escolas Primárias. Anexo – Programa mínimo para o curso primário. São Paulo: Serviço Técnico de Publicidade, 1941.

SOUZA, R. F. Inovação educacional no século XIX: a construção do currículo da escola primária no Brasil. Cadernos do CEDES (UNICAMP), Campinas, v. 51, p. 33-44, 2000.

VIDAL, D. G. Grupos escolares: cultura escolar primária e escolarização da infância no Brasil (1893-1971). Campinas, SP: Mercado das Letras, 2006.

ZANATTA, B. A. O Legado de Pestalozzi, Herbert e Dewey para as práticas pedagógicas escolares. Revista Teoria e Prática da Educação, v. 15, n. 1, p. 105-112, jan./abr., 2012.

Publicado
2022-01-06
Como Citar
Frizzarini, C. R. B. (2022). Os Saberes Geométricos mais Significativos: uma análise dos programas primários de São Paulo (1890-1950) . Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (2), 62-70. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/15107
Seção
Mesas redondas - submetidas