História da Educação Matemática em sala de aula: Avaliação a partir do discurso de Malba Tahan na Educação Básica

  • Leonardo Silva Costa Licenciado em Matemática pela Faculdade de Ciências Integradas do Pontal, da Universidade Federal de Uberlândia – FACIP/UFU. Professor de Matemática do Ensino Fundamental II na Escola Estadual João Pinheiro. Aluno do Programa de Pós Graduação em ensino de Ciências e Matemática – PPGECM/UFU

Resumo

O presente trabalho, de natureza qualitativa, tem como objetivo contribuir para a contextualização da Matemática e da História da Educação Matemática no processo de ensino e de aprendizagem dessa ciência a partir de propostas didático-pedagógicas inspiradas pelo discurso do professor Júlio César de Mello e Souza, o Malba Tahan na fonte primária AlKarismi (1946-1951). A pesquisa, por um lado, propõe um exercício de análise dessa fonte e por outro lado, um diálogo com possibilidades didáticas para a prática docente em matemática na Educação Básica, envolvendo a História da Educação Matemática em uma perspectiva interdisciplinar, utilizando se dos instrumentos Fichas de trabalho e Relatório-Avaliaçãocom alunos do 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública da cidade de Ituiutaba/MG, articulando vertentes que privilegiassem o ensino e a aprendizagem interdisciplinar em Matemática. Pretende-se apresentar resultados da aplicação de um Relatório-Avaliação que se concentrou na relação entre o conteúdo da revista e o uso de jogos matemáticos em um ambiente virtual. As primeiras investigações apontaram que os alunos se envolveram mais com a prática do professor, relacionando alguns termos do discurso tahaniano aos conhecimentos construídos em sala de aula. Acredita-se que a proposta pode colaborar nas diversas áreas do conhecimento, com o intuito principal de minimizar os insucessos e os desapontamentos que as disciplinas, principalmente a Matemática, propiciam no âmbito escolar, contribuindo para a construção de uma cultura do conhecimento interdisciplinar no Ensino Fundamental, por meio da História da Educação Matemática.

Referências

BALDINO, R.R. Desenvolvimento de essências de cálculo infinitesimal e diretriz didática – Fichas de Trabalho. In: Desenvolvimento de essências de cálculo infinitesimal. MEM/USU: Rio de Janeiro, 1995.

D’AMBRÓSIO, U. Educação Matemática – da teoria à prática. In:Coleção Perspectivas em Educação Matemática da SBEM. Campinas – SP: Papirus, 1996

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. Campinas, SP: Autores associados, 2006.

GARNICA, A. V. M. e SOUZA, L. A. Elementos de História da Educação Matemática. Editora UNESP. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

MENDES, I.A. Pesquisas em história da Educação Matemática no Brasil em três dimensões. In: Quipu, vol. 14, núm. 1, janeiro-abril de 2012, pp. 69-92.

MIORIM, M. A. Relações entre história e educação matemática: um olhar sobre as investigações brasileiras. In: Anais... São Paulo, SP, 2005.

PONTE, J. P. Investigar a nossa própria prática. In GTI (Org), Reflectir e investigar sobre a prática profissional (pp. 5-28). Lisboa: APM. 2002

SOUTO, R. M. A. História na Educação Matemática – um estudo sobre trabalhos publicados no Brasil nos últimos cinco anos. In: Bolema, Rio Claro (SP), v. 23, nº 35B, p. 515 a 536, abril 2010.

Publicado
2022-01-07
Como Citar
Costa, L. S. (2022). História da Educação Matemática em sala de aula: Avaliação a partir do discurso de Malba Tahan na Educação Básica. Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (2), 577-587. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/15158
Seção
Sessões Coordenadas