O Processo de Implantação da Disciplina História da Educação Matemática no Curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

  • Juliana Teixeira Dornelos Alves Aluna de graduação em licenciatura em Matemática da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, bolsista de Iniciação Científica da CNPQ e Membro do Grupo Potiguar de Estudos e Pesquisas em História da Educação Matemática da UFRN (GPEP).
  • Liliane dos Santos Gutierre Professora Adjunto III do Departamento de Matemática da UFRN, professora do Programa de Pósgraduação em Ensino de Ciências e Matemática da UFRN (PPGECNM), coordenadora do GPEP, Coordenadora Pedagógica da Pró-reitoria de Pós-graduação da UFRN (PPG/UFRN).

Resumo

Nesta comunicação é apresentado o resultado de uma investigação sobre o processo de implantação da disciplina História da Educação Matemática no curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, dentro do marco cronológico de 1981 a 2014. Para atender a este objetivo, as fontes examinadas foram os Projetos Políticos Pedagógicos (PPP) do curso de Licenciatura em Matemática da UFRN, localizados no acervo dos Arquivos da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) da UFRN, especificamente no Departamento da Diretoria de Desenvolvimento Pedagógico (DDPED) e na Coordenação do Curso de Matemática da UFRN e entrevistas semiestruturadas realizadas com docentes. Fundamentamo-nos teoricamente em Valente (2007, 2010) acerca das discussões sobre os aportes teóricos-metodológicos envolvidos em pesquisas sobre História da Educação Matemática (HEM); Garnica e Souza (2012) sobre a importância de se estudar HEM. Os dados coletados e examinados indicam que o processo de implantação da disciplina se deu no ano de 2002, com a criação do Projeto Político Pedagógico (PPP) aprovado pela resolução nº. 058/2002/CONSEPE, indicam também que a professora Dr. Arlete de Jesus Brito contribuiu para a implementação da disciplina, a qual também esteve presente na elaboração do projeto pedagógico de 2002, como coordenadora da equipe, e como a primeira professora a ministrar a disciplina. Em 2013, com a criação do novo projeto pedagógico do curso, foram realizadas algumas mudanças na disciplina, como na carga horária e ementa, mas que ainda não entraram em vigor.

Referências

CHARTIER, R. A História Cultural: entre práticas e representações, Lisboa: Difel, 1990.

GARNICA, A. V. M; SOUZA, L. A. Elementos de História da Educação Matemática. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

GARNICA, A. V. M. História Oral e Educação Matemática: proposta metodológica, exercício de pesquisa e uma possibilidade para compreender a formação de professores de Matemática. In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, III, 2006, Águas de Lindóia. Anais do SIPEM. Águas de Lindóia/Curitiba: SBEM, 2006.

VALENTE, W. R. História da educação matemática: considerações sobre suas potencialidades na formação do Professor de Matemática. Boletim de Educação Matemática, Rio Claro - SP, vol. 23, núm. 35, pp. 123-136.

VALENTE, W. R. História da Educação Matemática: interrogações metodológicas. Revista Eletrônica de Educação Matemática, Santa Catarina- SC, v. 2.2. p.28-49. 2007.

Publicado
2022-01-08
Como Citar
Alves, J. T. D., & Gutierre, L. dos S. (2022). O Processo de Implantação da Disciplina História da Educação Matemática no Curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Federal do Rio Grande do Norte . Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (2), 750-762. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/15175
Seção
Sessões Coordenadas