Manuais escolares e o saber profissional do professor que ensina matemática: uma análise das obras de Souza Lobo, Ramon Dordal e Antonio Trajano

  • Andreia Fernandes Souza UNIFESP

Resumo

Este artigo pretende analisar que saberes profissionais para o ensino de aritmética, mais especificamente para o ensino de problemas, estavam postos nos manuais escolares nos anos finais do século XIX em São Paulo. Essa análise faz parte da pesquisa de doutorado em andamento pela UNIFESP intitulada “A trajetória dos problemas matemáticos lida nos documentos escolares (1890-1990)” que tem como problemática inicial investigar de que maneira a utilização dos problemas de aritmética no ensino primário foi modificando o saber profissional. Para tal feito observaremos os manuais escolares de Souza Lobo (1879), Ramon Dordal (1891), Antonio Trajano (1895) à luz dos referenciais sobre os saberes profissionais (Hofstetter; Valente, 2017). Foi possível observar que os autores apesar de usarem os mesmos conteúdos nos manuais o fazem de modos diferentes, fato que ressalta o conhecimento dos autores sobre as concepções ensino e de como o aluno aprende.

Referências

Bertini, L.F. (2016) Problemas arithmeticos nos livros escolares brasileiros do final do século XIX. Anais... São Matheus. Disponível em: http://www.eventos.ufes.br/enaphem/3enaphem/paper/view/1959/60

Borer, V.L. (2017) Saberes: uma questão crucial para a institucionalização da formação de professores. IN: Hofstetter, Rita.; Valente, Wagner Rodrigues. (org.). Saberes em (trans) formação: tema central da formação de professores. 1ª ed. São Paulo: Editora Livraria da Física.

Dordal, R.R. (1891a) Arithmetica escolar: exercícios e problemas para as escólas primarias, familias e collegios. Primeira serie, primeiro caderno. São Paulo: Teixeira & Irmãos. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/1774>.

Dordal, R.R.(1891b) Arithmetica escolar: exercícios e problemas para as escólas primarias, familias e collegios. Primeira serie, segundo caderno. São Paulo: Teixeira & Irmãos.

Dordal, R.R. (1891c) Arithmetica escolar: exercícios e problemas para as escólas primarias, familias e collegios. Primeira serie, terceiro caderno. São Paulo: Teixeira & Irmãos.

Dordal, R.R.(1891d) Arithmetica escolar: exercícios e problemas para as escólas primarias, familias e collegios. Primeira serie, quarto caderno. São Paulo: Teixeira & Irmãos.

Lobo, J. T. S. (1879) Aritmética para meninos. 5. ed. Porto Alegre: Tipografia da Deutshezeitung.

Oliveira, M. A. (2017) A Aritmética escolar e o método intuitivo: Um novo saber para o curso primário (1870 – 1920) Guarulhos, 2017. 280 f. Tese (doutorado) – Universidade Federal de São Paulo, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Educação e Saúde na Infância e na Adolescência.

Saviani, D. (2009) Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Rev. Bras. Educ. [online], vol.14, n.40, pp.143-155. ISSN 1413-2478. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782009000100012.

Trajano, A. B. (1895) Aritmética Primaria. 12. ed. Rio de Janeiro: Cia. Typ. do Brazil.

Valente, W.R.; Bertini, L.F.; Morais, R.S. (2017) Novos aportes teórico-metodológicos sobre os saberes profissionais na formação de professores que ensinam Matemática Acta Scientiae, v.19, n.2, mar./abr. Disponível em http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/acta/article/view/2816

Valente, W.R. (2017) A matemática a ensinar e a matemática para ensinar: os saberes para a formação do educador matemático. IN: Hofstetter, Rita.; Valente, Wagner Rodrigues. (org.). Saberes em (trans) formação: tema central da formação de professores. 1ª ed. São Paulo: Editora Livraria da Física.

Publicado
2019-04-24
Seção
Sessões Coordenadas