A revolução chinesa e o problema das revoluções nos países ditos coloniais ou semicoloniais (1924-1927)

Carlos Prado

Resumo


Em 1924 a Internacional Comunista indicou que o Partido Comunista Chinês deveria estreitar relações com a burguesia anti-imperialista reunida no Kuomintang. Esta política gerou resistência e os comunistas chineses se empenharam na tentativa de impedir que o partido fosse absorvido pela organização burguesa. O “aprisionamento” dos comunistas ao Kuomintang foi justificada por Stalin por meio da teoria da “revolução em etapas”, a qual afirmava que nos países coloniais, a revolução tinha um caráter anti-imperialista e democrático, tendo a burguesia nacional como aliada. Por sua vez, Trotski afirmou que a concepção etapista se baseava em uma análise equivocada de que a China não reunia as condições objetivas e subjetivas para a revolução socialista. O objetivo do presente artigo é descrever o processo revolucionário chinês entre 1924-1927 e os (limitados) debates que ocorreram no interior do Partido Bolchevique.


Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

BROUÉ, Pierre. História da Internacional Comunista. Tomo I. São Paulo: Sundermann, 2007.

CHAN, John. A tragédia da revolução chinesa de 1925-1927. 2009. Disponível em: . Acesso em 25 dez. 2016.

DEUTSCHER, Isaac. Trotski: o profeta desarmado, 1921-1929. Civilização Brasileira: Rio de Janeiro, 2005.

SERGE, Victor. A luta pela liderança. In: História do século 20 (1919/1934). São Paulo: Abril Cultural, 1974, p.1121-1124.

STALIN, J. Sobre as tarefas políticas da Universidade dos Povos do Oriente. 1925. Disponível em: Acesso em 27 dez. 2016.

______. Sobre as perspectivas da Revolução Chinesa. 1926. Disponível em: . Acesso em 27/12/ 2016.

______. A Revolução Chinesa e as tarefas da Internacional Comunista. 1927a. Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/stalin/1927/05 /24.htm. Acesso em 27/12/2016.

______. Comentários sobre temas atuais. 1927b. Disponível em: . Acesso em 27/12/2016.

______. Sobre o problema da China. 1927c. Disponível em: https://www.marxists.org/portugues/stalin/1927/08/01.htm. Acesso em 27/12/ 2016.

TROTSKI. Stalin: O grande organizador de derrotas. A III Internacional depois de Lenin. São Paulo: Sundermann, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 Qualis B-4

    

Resultado de imagem para latinrev