ELEMENTOS RELACIONADOS À VIOLÊNCIA DIRIGIDA AO PROFESSOR: LEGISLAÇÃO E FORMAÇÃO DE EDUCADORES, MECANISMOS EFETIVOS DE DEFESA E PROTEÇÃO DE UMA CATEGORIA?

Moacir JULIANI, David Arenas Carmona, Janete Rosa da FONSECA

Resumo


As questões relacionadas à violência no contexto escolar têm preocupado educadores brasileiros e de todo o mundo. Refletir acerca das questões relacionadas com a violência na formação docente é essencial. Necessita-se entender que a violência não é algo que apareça pronto dentro da escola. Ao contrário, ela é construída nas relações que se estabelecem diariamente entre os seus atores. Nesta medida, gestores, professores e estudantes constantemente encontram-se no epicentro desta questão. As relações professor-aluno, a base oferecida aos profissionais nos cursos de formação de professores e a legislação que regulamenta estas ofertas, podem auxiliar no entendimento do surgimento de situações de violência nos contextos escolares nas suas diversas formas e nuances em que esta se apresenta. Nesse sentido, o processo de definição das Diretrizes Curriculares para o Curso de Pedagogia foi marcado pelo debate entre diferentes concepções de formação. Pretendeu-se nesse artigo nortear às discussões em torno do atendimento a legislação para a formação dos professores e a possibilidade de formar educadores em meio a um contexto de violência no ambiente escolar, visto que o cenário brasileiro se encontra submergido em um sistema educacional com muitas mazelas, a maioria provocada por uma formação que se encontra, entre outras, desprovida de uma concreta e reflexiva relação teoria-prática. As considerações finais foram pautadas nas pesquisas bibliográficas realizadas, utilizando o método funcionalista, com objetivo maior de interpretação das discussões acerca do tema abordado. Considera-se que apenas o atendimento a legislação educacional não é suficiente para formar educadores em meio a um contexto de violência no ambiente escolar.

Palavras-chave


Formação de Professores. Legislação. Violência Escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, Míriam. http://www.unicef.org/brazil/pt/Cap_02.pdf. acesso 22/07/15

ARAÚJO, M. da S.; PÉREZ, C. L. V. Um jogo de luz e de sombras: lógicas de ação no cotidiano escolar. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v.11, n.33, p.461-469, set./dez. 2006.

BEE, Helen. O Ciclo Vital. Editora Artmed, Porto Alegre, 1997.

BOURDIEU, P. O campo econômico: a dimensão simbólica da dominação. Campinas, Papirus, 2000.

BRASIL. Resolução CNE/CP Nº 1, de 15 de maio de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Disponível em . Acesso em 08/06/2010.

BRASIL. Lei n.9.394/96, de 20.12.1996. Estabelece as diretrizes e bases para a educação nacional. Disponível em . Acesso em 08/06/2010.

CHARLOT, B. Relação com o saber, formação de professores e globalização: questões para a educação hoje. Porto Alegre,Artmed, 2005.

COÊLHO, I. M. Universidade e formação de professores. In: GUIMARÃES, v.s. (ORG.) Formar para o mercado ou para a autonomia? o papel da universidade. Campinas: Papirus, 2006, p.43-63.

DAVIDOFF, Linda L. Introdução a Psicologia. Editora Mcgraw Hill, Rio de Janeiro, 2001.

GARCIA, J. Indisciplina na escola: uma reflexão sobre a dimensão preventiva. Rev. Paran. Desenv. Curitiba, n. 95, jan./abr. 1999, p.101-108

MARRIEL, L. C. et al. Violência escolar e autoestima de adolescentes. Revista Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v.36, n.127, p.35-50, jan./abr. 2006.

MORAES, P. R. B.; PESCAROLO, J. K. Quem tem medo dos jovens? (MIMEO)

MORAIS, Régis de. Violência e educação. São Paulo: Papirus, 1995. (Coleção Magistério: Formação e Trabalho Pedagógico)

ODALIA, Nilo. O que é violência. São Paulo: Brasiliense, 1991.

PIMENTA, S.G. Formação de professores: saberes da docência e identidade do professor. PIMENTA, S.G. (Org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez, 1999

RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa Social, métodos e técnicas. Editora Atlas, São Paulo, 2011.

SAVIANI, D. Pedagogia: o espaço da educação na universidade. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 130, p. 99-134, jan./abr. 2007.

SOUSA FILHO, A. O ideal de universidade e sua missão. Educação Superior e Debate, n.3. Universidade e Mundo do Trabalho. Brasília: INEP, 2006, p.173-183.

ZALUAR, A.; LEAL, M. C. Violência extra e intramuros. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v.16, n.45, p.145-164, fev. 2001.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Outras informações podem ser obtidas exclusivamente pelo e-mail revistagepfip@gmail.com

REVISTA DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES- GEPFIP - ISSN 23595051 (Publicação online)

A/C Profa. Ana Lúcia Gomes da Silva (Editora-chefe)

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/CPAQ

Praça Nossa Senhora da Conceição, 163, Centro - CEP: 79200-000 - Aquidauana/ MS

Telefone: +55 (67) 3241 0312