Resumo: <br>Importância da educação permanente para os técnicos de enfermagem de um hospital universitário. PECIBES, supl.1, 38, 2015

  • Raysa Muriel Silva
  • Lary Carla Matheos de Lima
  • Marlene Maggioni
  • Clemenceau Ferreira da Silva
  • Guilherme Henrique de Paiva Fernandes

Resumo

Os técnicos de enfermagem são personagens fundamentais da atenção hospitalar por estarem próximos dos pacientes em diversos cuidados. Diante da importância deles, faz-se necessário a realização de educação permanente de forma eficaz para efetivar o processo de assistência em saúde. A educação permanente é baseada no aprendizado contínuo, sendo necessária para o desenvolvimento do sujeito para seu auto-aprimoramento direcionando assim para a busca da competência pessoal, profissional e social (PASCHOAL; MANTOVANI; MÉIER, 2007). O objetivo do estudo foi a realização de educação permanente com os técnicos de enfermagem referente a coberturas para tratamento de feridas. Este estudo consiste em um projeto de intervenção referente a educação permanente realizada com os técnicos de enfermagem de um hospital universitário, durante o estágio supervisionado do Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. A partir da utilização da ferramenta denominada “Espinha de Peixe”, os técnicos de enfermagem relataram a necessidade de educação permanente relacionada a coberturas de curativos, pois enfrentam dificuldades quanto à realização dos mesmos. A partir da implantação da intervenção observou-se que os técnicos de enfermagem sentiram-se capacitados para avaliar a melhor cobertura para a realização dos diversos curativos, proporcionando assim melhor cuidado com o paciente e uma maior evolução das feridas. Acreditamos que este projeto de intervenção alcançou o objetivo proposto e demonstrou a importância da realização da Educação Permanente para os técnicos de enfermagem, pois, estes são os mais próximos do paciente e necessitam ser atualizados para melhoria da assistência em saúde. Também influenciou de maneira positiva na aprendizagem das acadêmicas no que tange a prática da educação permanente na atenção hospitalar.
Publicado
2017-09-20