Reanatomização dental com resina composta: relato de caso clínico

  • Caio Renan Vilas boas Bassi
  • A. P. Wobeto
  • V. Papalexiou
  • A. Freire

Resumo

A agenesia dentária, particularmente a dos incisivos laterais superiores (ILS), é uma anomalia dentária relativamente comum. Quando há indicação ortodôntica para que os caninos ocupem o lugar dos ILS, também há a necessidade de adequação estética e funcional do caso. Desta forma, o objetivo deste trabalho é apresentar um caso de reanatomização de dentes de um paciente com agenesia de ILS após reposicionamento dental ortodôntico. Durante o exame clínico de um paciente, gênero masculino, 25 anos de idade foi constatada agenesia bilateral dos incisivos laterais superiores e necessidade de tratamento interdisciplinar. Inicialmente o paciente foi submetido a cirurgia periodontal com aumento de coroa clínica e após cicatrização cirúrgica foi realizado o clareamento pela técnica combinada, onde associa-se o clareamento em consultório com o caseiro. Após 15 dias do término do clareamento e plastia dos dentes 13 e 23 a reanatomização dos elementos 11, 13, 14, 15, 21, 23, 24 e 25 foi realizada com resina composta Empress Direct (Ivoclar Vivadent). O caso apresentado mostrou uma resolução estética onde a finalização envolveu restaurações em resina composta, atendendo as necessidades estéticas do paciente. Conclui-se que a reanatomização dental, onde os caninos assumem o lugar dos incisivos laterais e os pré-molares dos caninos, pode ser feita com sucesso desde que haja condições favoráveis com relação as dimensões dentais.

 

 

Palavras-chave: Anatomia. Resina. Dente.