CULTURA MATEMÁTICA ESCOLAR: GRANDEZAS E UNIDADES DE MEDIDAS EM TEXTOS DIDÁTICOS BRASILEIROS (1870 – 1930)

  • Relicler Pardim Gouveia Universidade Federal do Mato Grosso do Sul
  • Luiz Carlos Pais Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo analisar os traços históricos da cultura escolar matemática, proposta para o estudo de Grandezas e unidades de Medidas em textos didáticos brasileiros publicados no período de 1870 a 1930. Tal periodização foi definida a partir do encontro de fontes de pesquisa histórica. Entre estas se destaca, os jornais, os livros didáticos de aritmética, relatórios de governantes e legislações de ensino. As buscas, argumentações e análises das fontes só aconteceram graças ao referencial teórico metodológico de André Chervel, o qual descreve sobre a história das disciplinas escolares; Roger Chartier com as noções de apropriação e representação; March Bloch ao qual através do Oficio do Historiador dá nos segurança e estrutura para trabalhar com a Crítica na história; Alain Choppin, com a história dos livros didáticos. O desenrolar da pesquisa ainda contou com referência de autores da história da Educação e História da Educação Matemática no Brasil. Pretendeu-se no decorrer das análises, a constituição de uma biografia didática, a qual a partir da obra Arithmetica Elementar Illustrada de Antonio Bandeira Trajano pudéssemos vasculhar o ensino de Grandezas e Unidades de Medidas nos textos didáticos, existentes no período proposto para estudo. Desta forma, no primeiro momento foi oportuno vasculhar quem era Antonio Bandeira Trajano e como se constituiu a sua obra, entrelaçando nesta análise o método crítico proposto por March Bloch. Em sequência buscamos mostrar como se constituiu o capítulo no qual é estudado as Grandezas e Unidades de Medidas subdividindo em análise dos exercícios, ilustrações, regras e anotações. Por fim, em nossas análises buscamos ver como se deu a circulação do material elaborado por Antonio Trajano. Contudo, entendemos que esta é uma pesquisa, na qual em um primeiro olhar, foi possível constatar como se deu o processo de ensino proposto para a época, sendo esta observada através do livro Arithmetica Elementar Illustrada, uma vez que através da sua leitura propicia exercício reflexivo dos sentidos, pelo cultivo das faculdades de observação, o que acaba por incidir em aprendizagem, que pode transcender e possibilitar uma reflexão referente aos diversos métodos pelos quais a Matemática escolar pode ser ensinada.
Publicado
2016-12-07