UM ESTUDO INICIAL DE ESTRATÉGIAS E DIFICULDADES APRESENTADAS PELOS ALUNOS, DIANTE DE PROBLEMAS DE COMBINATÓRIA

  • Renan Gustavo Araújo de Lima
  • José Luiz Magalhães de Freitas
Palavras-chave: Combinatória. Estratégias. Dificuldades.

Resumo

Esse texto tem como objetivo apresentar alguns resultados parciais da pesquisa em andamento, no qual realizamos uma sequência didática, pautados na Engenharia Didática. Para isso, utilizamos como referencial teórico a Teoria dos Campos Conceituais e a Teoria das Situações Didáticas. Assim, trouxemos alguns resultados da análise preliminar, uma das etapas da Engenharia Didática, na qual analisamos documentos oficiais e resultados pesquisas sobre combinatória, onde identificamos algumas estratégias e dificuldades que os alunos apresentam quando resolvem problemas sobre o tema. Além disso, baseados nos resultados dessas pesquisas, bem como nas teorias sobre campos conceituais e situações didáticas, apresentamos nesse texto um problema de combinatória, que compõe a nossa sequência didática, sobre a qual realizamos uma análise a priori. Desse modo, esperamos que a nossa sequência didática contribua para a investigação, bem como superação de dificuldades manifestadas pelos alunos da pesquisa.

Biografia do Autor

Renan Gustavo Araújo de Lima

Aluno do Programa de Pós Graduação do Programa de Mestrado em Educação Matemática e bolsista CAPES, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

José Luiz Magalhães de Freitas

Professor do Programa de Pós Graduação do Programa de Mestrado em Educação Matemática, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul .

Referências

ARTIGUE, M. Engenharia Didática. In: BRUN, Jean. (Org.) Didáctica das Matemáticas. Lisboa: Instituto Piaget, 1996. p. 193-217.

BRASIL, Ministério da Educação: Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Matemática / Secretaria de Educação Fundamental. - Brasília: MEC/SEF, 1997.

BATANERO,C.; GODINO, J.; NAVARRO-PELAYO, V. Razonamiento combinatorio. Madri: Ed. Sintesis, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais de 5ª a 8ª. séries - Matemática. Brasília, 1998

BROUSSEAU, G.. Introdução ao Estudo das Situações Didáticas: Conteúdos e métodos de ensino. São Paulo: Ática, 2008.

FREITAS, J. L. M. de. Teoria das Situações Didáticas. In: MACHADO, S. D. A. (Org). Educação Matemática Uma (nova) Introdução. 3.ed.rev. São Paulo: Educ, 2010. p. 77-109.

MIGUEL, M. I.; MAGINA, S. As estratégias de solução de problemas combinatórios: um estudo exploratório. In: Anais do II Seminário Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, Santos, 2003.

MORGADO, A.; PITOMBEIRA DE CARVALHO, J.; PINTO DE CARVALHO, P.; FERNANDEZ, P. Análise combinatória e probabilidade. Rio de Janeiro: Graftex, 1991.

PESSOA, C. A. dos S. Quem dança com quem: o desenvolvimento do raciocínio combinatório do 2º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. 2009. 267 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Pernambuco, Recife, 2009.

ROA, R.; BATANERO, C.; GODINO, J. D.; CAÑIZARES, M. J. Estrategias de resolución de problemas combinatorios por estudiantes con preparación matemática avanzada. In.: Epsilon, n. 36, p. 433-446, 1997.

SANTOS-WAGNER, V. M. P. dos; BORTOLOTI, R. D. M.; FERREIRA, J. R. Análise das resoluções corretas e erradas de combinatória de futuros professores de Matemática. In: Educação Matemática Pesquisa, v.15, n.3, pp.692-629, 2013.

SOUZA, A. C. P. de. Análise Combinatória apoiada na Metodologia de Ensino Aprendizagem–Avaliação de Matemática através da resolução de problemas. In: Encontro Brasileiro de Estudantes de Pós-Graduação em Educação Matemática, Rio Claro, 2008.

VERGNAUD, G. A Teoria dos Campos Conceituais. In: BRUN, Jean. (Org.) Didáctica das Matemáticas. Lisboa: Instituto Piaget, 1996. p. 155-191.