A ARITHMETICA ELEMENTAR ILUSTRADA DE ANTONIO BANDEIRA TRAJANO: UMA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA BRASILEIRA

Tatiane Maranhão, Luiz Carlos Pais

Resumo


Este artigo analisa aspectos históricos da educação matemática brasileira a partir de dados relacionados à obra didática intitulada Aritmética Elementar Ilustrada, de Antonio Bandeira Trajano, publicada em 1935, em sua 108ª edição. O fato de ter sido uma obra que foi adotada no Brasil durante quase cem anos, se desperta o interesse para realizar o que Wagner Valente adotou como a biografia do livro didático e a assim através da ilustração, dados históricos desvelar informações sobre a aritmética que constitui a História do Brasil. No entanto para que o objetivo desse artigo fosse alcançado adotou-se noções pertinentes ao campo da história das disciplinas escolares, na linha proposta por André Chervel. Para interpretar as relações institucionais que transparecem na valorização da obra, são adotadas noções propostas por Yves Chevallard, no quadro da chamada abordagem antropológica do didático. Destacamos nesse trabalho a contextualização histórica e política da qual essa obra fez parte, identificando-se nos procedimentos metodológicos propostos no referido texto a existência de uma organização didática independente e atual, já que ela era diferente das regras educacionais propostas pelo Ministro da Instrução Pública Benjamim Constant Botelho Magalhães, adepto ao positivismo. 


Palavras-chave


Praxeologia; Educação Matemática; Resolução de Problema; Didática da Matemática

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, A. A. O nacionalismo de Vargas ontem e hoje.. In: Maria Celina Soares D'Araújo. (Org.). As Instituições Brasileiras da Era Vargas. Rio de Janeiro: EdUERJ, Ed. FGV, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação / Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: matemática no 1º e 2º ciclos. 3ª ed. Brasília: MEC/SEF, 2001.

CHEVALLARD, Ives; BOSCH, Marianna; GASCÓN, Josep. Estudar Matemáticas: o elo perdido entre o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 2001.

REZENDE, A. M. Concepção fenomenológica da educação. São Paulo: Cortez, 1990.

CHEVALLARD, Ives. El análisis de las prácticas docentes em La teoria antrpológica de lo didáctico.Vol 19, número 2, pp.221-226, 1999.

PAIS, L. C. Aspectos do Ensino da Aritmética do Final do Século XIX: Uma análise da obra de José Theodoro de Souza Lobo In: IX ESEM. Comunicação oral. Campo Grande, 2007.

VALENTE, W.R. Positivismo e matemática escolar dos livros didáticos no advento da República. Caderno de Pesquisa n. 109. pp 201-121. São Paulo: 2000.

SANTOS, I.B. O Jornal A Província de São Paulo como uma fonte para a História do Ensino de Matemática do século XIX. São Paulo.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.