TA’ARÕMBY – GRUPO DE ESTUDO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA E SOCIEDADE

  • Larissa dos Santos Vieira Universidade Federal do Mato Grosso do Sul -UFMS
  • Amanda Correia Cidreira Universidade Federal do Mato Grosso do Sul -UFMS
  • Ana Carolina Faustino
Palavras-chave: Educação, Matemática, Critica

Resumo

Este trabalho tem como objetivo divulgar o TA’ARÕMBY – Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Matemática e Sociedade. TA’ARÕMBY é uma palavra de origem indígena que significa "esperança". Ela foi escolhida para dar nome ao grupo por expressar o potencial transformador da educação libertadora, aspecto presente tanto na epistemologia freiriana e na Educação Matemática Crítica, perspectivas teóricas que embasam os estudos e pesquisas do grupo. O TA’ARÕMBY é um grupo de estudo e pesquisa em Educação Matemática e Sociedade que tem como objetivo criar um espaço de formação, pesquisa e diálogo sobre Educação Matemática Crítica. Esta perspectiva teórica tem como preocupação questões que relacionam Educação Matemática e sociedade como: cenários para investigação, exclusão e inclusão, matemacia, foregrounddos estudantes e dos professores, diálogo, representatividade, equidade e justiça social. Portanto, as pesquisas e estudos do grupo tem como fundamento as obras de Paulo Freire (2011), no campo da Educação e de Ole Skovsmose (2001) no campo da Educação Matemática. O grupo é liderado pela professora XXXXXXXXXXXXXX, docente do curso de Pedagogia da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul -UFMS-, campus de Naviraí -CPNV-. O grupo conta com a participação de estudantes do curso de Pedagogia e professores da Educação Básica e pessoas da comunidade que possuem interesse na temática.  Os encontros do grupo ocorrem quinzenalmente às segundas-feiras, das 17 e 30 h às 19, na UFMS, campus de Naviraí. Durante as reuniões são discutidos textos de interesse do grupo e são elaborados e vivenciados cenários para investigação que partem da realidade dos estudantes. Para elaboração do cenários para investigação são discutidos problemas sociais da cidade em que os estudantes vivem e que eles gostariam de investigar utilizando a matemática Durante a vivência dos cenários para investigação, os estudantes vão a campo para produzir os dados matemáticos que contribuem para compreender um determinada problemática social da cidade em que vivem. Os dados são analisados em pequenos grupos e em seguida, compartilhados. Com suas pesquisas, o TA’ARÕMBY busca contribuir para a formação de pedagogos que ensinam matemática na Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental e da Educação Infantil a partir da elaboração conjunta entre educandos e educadores de cenários para investigação que contribuam para que os pedagogos em formação utilizem a matemática para interpretar a realidade em que vivem e transformá-la mesmo que localmente. Além disso, contempla o estudo e pesquisa do ensino e aprendizagem da matemática pautados no diálogo.

Biografia do Autor

Larissa dos Santos Vieira, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul -UFMS
Sou Larissa Academica do 5° semestre de pedagogia

Referências

FREIRE, P. Pedagogia da Esperança: um recontro com a Pedagogia do Oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

GUTSTEIN, E. Reading and writing the world with mathematics: toward a pedagogy for a social justice. New York: Routledge, 2006.

SKOVSMOSE, O. Educação Matemática Crítica: a questão da democracia. Campinas, SP: Papirus, 2001.

Publicado
2019-09-15