A Aritmética Escolar nos Documentos Oficiais do Estado de Santa Catarina: os programas de ensino primário de 1928 e 1946

  • Thuysa Schlichting de Souza Mestranda do Programa de Pós Graduação em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Campus Florianópolis.
  • David Antonio da Costa Docente da Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Campus Florianópolis

Resumo

Este texto tem como objetivo uma análise dos programas de ensino de 1928 e 1946 para as escolas primárias catarinenses - com enfoque no ensino de Aritmética dos grupos escolares. Dentre as fontes desta investigação destacam-se o “Programa de Ensino dos Grupos Escolares de 1928” e “O Programa para os Estabelecimentos de Ensino Primário do Estado de Santa Catarina de 1946”. Os referenciais teóricos permeiam os estudos da cultura escolar. Para a realização da análise dos documentos, evidenciaram-se as recomendações para o ensino de Aritmética e suas finalidades. As questões que se pretende responder são: O que prescreviam esses programas de ensino quanto ao ensino de Aritmética? Quais as similaridades e distinções entre um e outro? Quais as concepções pedagógicas subjacentes ao processo de ensino de Aritmética nas escolas primárias? A análise aqui exposta possibilitou perceber uma sólida presença da herança pedagógica da Reforma Orestes Guimarães nos dois programas em questão, embora no Programa de 1946 haja certo deslocamento devido às concepções do ensino ativo.

Referências

ARRUDA, Joseane Pinto de; FLORES Cláudia; BRIGO, Jussara. A matemática nos programas oficiais para o ensino primário de Santa Catarina. In: FLORES, Claudia; ARRUDA, Joseane Pinto de. A Matemática Moderna nas escolas do Brasil e Portugal: Contribuições para a história da educação matemática. São Paulo: Annablume, 2010.p.117-142

CHERVEL, André. História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação. Porto Alegre, vol. 2, 1990, p. 177-229.

COSTA, D. A. O cenário da instrução pública de Santa Catarina no início do século XX e o ensino de Aritmética: o Repositório Institucional de Fontes. Caminhos da Educação: Matemática em Revista. Sergipe, vol. 1, 2014, p. 3-20.

FIORI, Neide Almeida. Aspectos da evolução do ensino público: ensino público e política de assimilação cultural no Estado de Santa Catarina nos períodos Imperial e Republicano. Florianópolis: Ed. da UFSC, 1991.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação. Campinas, n. 1, 2001, p. 9-43.

LEME DA SILVA, Maria Célia; VALENTE, Wagner Rodrigues. A Geometria dos Grupos Escolares: matemática e pedagogia na produção de um saber escolar. Cadernos de História da Educação. Uberlândia, vol. 11, n. 2, jul./dez. 2012, p. 559 - 571.

NÓBREGA, Paulo de. Grupos escolares: modernização do ensino e poder oligárquico. In: DALLABRIDA, Norberto. Mosaico de escolas: modos de educação em Santa Catarina na primeira república. Florianópolis: Cidade Futura, 2003, p. 253-280.

PETRY, Marilia Gabriela. Da recolha à exposição: a constituição de museus escolares em escolas públicas primárias de Santa Catarina (Brasil – 1911 a 1952). UDESC, 2013. 224f. Dissertação (mestrado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade do Estado de Santa Catarina.

SILVEIRA, Rosangela Kirst. Orientações da reforma Orestes Guimarães na Escola Normal Catharinense. Florianópolis: UFSC, 2013. 140f. Dissertação (mestrado em Educação Científica e Tecnológica). Faculdade de Educação, Universidade Federal de Santa Catarina.

SOUZA, Rosa Fátima de. Espaço da Educação e da Civilização: Origens dos Grupos Escolares no Brasil. In: ALMEIDA, Jane Soares de; SAVIANI, Dermeval; SOUZA, Rosa Fátima de; VALDEMARIN, Vera Teresa. O legado educacional do século XIX. Campinas, SP: Autores Associados, 2006, p. 33-84.

TEIVE, G. M. G.; DALLABRIDA, N. A escola da República: Os grupos escolares e a modernização do ensino primário em Santa Catarina (1911-1918). Campinas, SP: Mercado de Letras, 2011.

VALENTE, Wagner Rodrigues. Lourenço Filho, as Cartas de Parker e as transformações da Aritmética escolar. VII Congresso Brasileiro de História da Educação; 2013 Maio 20-23; Cuiabá, Mato Grosso.

Decretos, Documentos e Programas de Ensino

SANTA CATARINA. Regulamento da Escola Normal Catarinense. Decreto nº 593, 30 maio 1911. Florianópolis, 1911. Acervo: APESC. <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/99196>. Acesso em 15 julho de 2014.

___________. Programa dos grupos escolares e das escolas isoladas do estado de Santa Catarina. Decreto nº 796, 2 maio 1914. Joinville: Typ. Boehm, 1914. Acervo: APESC. <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/105101>. Acesso em 15 julho de 2014.

___________. Programa dos grupos escolares e das escolas isoladas do estado de Santa Catarina. Decreto n° 1322, 29 janeiro 1920. Florianópolis: Imprensa Official, 1920. Acervo: APESC. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/105102. Acesso em 15 julho de 2014.

___________. Annaes da 1ª Conferência Estadual do Ensino Primário. Florianópolis, 31 de julho de 1927. <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/101115 >. Acesso em 10 julho 2014.

___________. Programa dos grupos escolares e das escolas isoladas do estado de Santa Catarina. Decreto n° 2218, 24 de outubro 1928. Florianópolis: Imprensa Official, 1928. Acervo: APESC. Disponível em <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/99205 >. Acesso em 10 julho 2014.

___________. Regulamento para os grupos escolares. Decreto nº 714, 3 mar. 1939. Florianópolis: Imprensa Oficial do Estado, 1939. Acervo: Apesc. <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/117122>. Acesso em 15 julho de 2014.

___________. Decreto-lei nº 298 de 18 de novembro de 1946. Expede a Lei Orgânica do ensino primário. Diário Oficial n. 3.349, 18 nov. 1946, p. 1-4. Florianópolis: Diário Oficial do Estado de Santa Catarina, 1946a. Acervo: Apesc.

___________. Secretaria da Justiça, Educação e Saúde. Departamento de Educação. Programa para os estabelecimentos de ensino primário do estado de Santa Catarina. Decreto nº 3.732, 12 dez. 1946. 1946b. Acervo: Apesc. <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/99620>. Acesso em 15 julho de 2014.

Publicado
2022-01-06
Como Citar
Souza, T. S. de, & Costa, D. A. da. (2022). A Aritmética Escolar nos Documentos Oficiais do Estado de Santa Catarina: os programas de ensino primário de 1928 e 1946 . Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (2), 310-320. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/15132
Seção
Sessões Coordenadas