O SÉCULO DE BORGES - ENTRE A MEMÓRIA E A FICÇÃO: uma escrita alegórica aos olhos do leitor

  • Vânia Correia Cafeo Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – campus Três Lagoas

Resumo

O século de Borges (Autêntica, 2009, 112 páginas), em sua segunda edição, conta com 11 artigos reunidos por sua autora, Eneida Maria de Souza, cujos textos são resultados de comunicações apresentadas em congressos, seminários e conferências. Nos 11 artigos que integram a obra, a autora retrata, num discurso cronológico, o universo de Borges, símbolo da literatura argentina, ainda que criticado e muito polêmico em seu país, no tocante a questões políticas, e precursor do pensamento contemporâneo ao rejeitar modelos enraizados para construir sua narrativa, recriando seu mundo ficcional com o qual a memória mantém um laço de fidelidade. Como diria Borges: “A memória é o essencial, visto que a literatura está feita de sonhos e os sonhos fazem-se combinando recordações”.

Referências

BORGES, Jorge Luis. O Aleph. Tradução de Flávio José Cardozo. São Paulo: Globo, 2001.

_____. Disponível em <http://www.frases.mensagens.nom.br/frases-autor-j5-jorgeluisborges.html> . Acesso em: 21 jun. 2009.

SOUZA, Eneida Maria de. O século de Borges. 2. ed. Belo Horizonte: Editora Autêntica, 2009.

Publicado
2016-09-21