ÀS MARGENS DA CRISTANDADE: o imaginário macabro medieval

Juliana Schmitt

Resumo


Fruto das intensas transformações sociais ocorridas ao fim da Idade Média, o imaginário macabro se desenvolveu como consequência das novas maneiras de se perceber a morte e o cadáver. Suas manifestações literárias e imagéticas, tais como “O encontro dos três mortos com os três vivos”, as “Danças Macabras”, os “Ars Moriendi”, os “Triunfos da Morte”, entre outras, concebidas como produções populares e anônimas, surgiram fora do discurso oficial da Igreja, ainda que tenham sido adotadas por ela como exempla. Nesse artigo, analisamos suas características e contribuições ao estudo acerca do entedimento da morte pelo homem medieval. 


Texto completo:

PDF

Referências


ARIÈS, Philippe. História da morte no Ocidente. Da Idade Média aos nossos dias. Tradução de Priscila Viana de Siqueira. Rio de Janeiro: Ediouro, 2003.

ARIÈS, Philippe. O homem diante da morte. Volume I. Tradução de Luiza Ribeiro. Rio de Janeiro: Francisco Alves Ed., 1989.

CORVISIER, André. Les danses macabres. Collection Que sais-je?. Paris: Presses Universitaires de France, 1998.

DELUMEAU, Jean. História do medo no Ocidente. 1300-1800: uma cidade sitiada. Tradução de Maria Lucia Machado. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

HUIZINGA, Johan. O outono da Idade Média. Estudo sobre as formas de vida e de pensamento dos séculos XIV e XV na França e nos Países Baixos. Tradução de Francis Petra Janssen. São Paulo: Cosac Naify, 2010.

INFANTES, Víctor. Las danzas de la muerte. Génesis y desarrollo de un género medieval (siglos XIII-XVII). Salamanca: Ediciones Universidad de Salamanca, 1997.

LOYN, Henry R. (org). Dicionário da Idade Média. Tradução de Alvaro Cabral. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

MÂLE, Émile. L’art religieux de la fin du Moyen Age en France. Étude sur l’iconographie du Moyen Age et sur ses sources d’inspiration. 5e édition. Paris: Librairie Armand Colin Ed., 1949.

SOLÁ-SOLÉ, Josep M. La Dança General de la Muerte. Edición crítica, analítico-cuantitativa. Barcelona: Puvill Editor, 1981.

UTZINGER, Hélène et Bertrand. Itinéraires des Danses macabres. Chartres: Éditions J.M. Garnier, 1996.

VOVELLE, Michel. La Mort et l’Occident de 1300 à nos jours. Paris: Gallimard, 1983.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Quantidade de visitas ao site dos CADERNOS DE ESTUDOS CULTURAIS:
 
counter free

 

Os CADERNOS DE ESTUDOS CULTURAIS estão indexados em:

DiadorimGoogle AcadêmicoSumariosResultado de imagem para capesOASISBR

Somos um periódico da:

UFMS

 

ISSN 1984-7785                                            necccadernos@gmail.com