O PROJETO DE EDUCAÇÃO DO MST PARA A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DO HOMEM SEM TERRA

Iury Feitosa da ROCHA, Rosalina Brites de ASSUNÇÃO

Resumo


Resumo: Esta pesquisa pretende contribuir para uma reflexão sobre o modo de constituição dos sujeitos nos assentamentos, o seu modo de vida, sua cultura, sua mística, destacando-se a valorização da educação na construção da identidade do militante Sem Terra. Dessa forma, estabeleceu-se como objetivo primordial analisar como está representada a identidade do homem Sem Terra no texto “Pedagogia do Movimento Sem Terra: acompanhamento às escolas”, que faz parte do Dossiê MST-Escola: documentos e estudos 1990-2001. Para esboçar esse processo de construção de identidade desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa com fins descritivos. O discurso do MST materializado no texto selecionado foi estudado de acordo com os pressupostos teóricos da Análise do Discurso de linha francesa, e a identidade foi contemplada na perspectiva dos estudos culturais conforme Hall (2002), Woodward (2005) e Silva (2005). A análise do texto revelou que a concepção da identidade veiculada na proposta pedagógica do MST, reconhece que o homem é um ser condicionado social e historicamente e, como tal, pode e deve interferir na realidade que o cerca. Essa identidade historicamente construída reflete um modo de vida, responsável pelo enraizamento das pessoas no Movimento, que por meio das semelhanças e diferenças é capaz de declarar quem é do Movimento Sem Terra e quem não é. Concluiu-se que o modelo de identidade Sem Terra proposto no texto reflete uma ideologia contrária a da sociedade capitalista e que o MST almeja uma escola capaz de promover a mudança social.

Palavras-chave: Discurso. Proposta pedagógica. Identidade.

Palavras-chave


Discurso. Proposta pedagógica. Identidade.

Texto completo:

PDF

Referências


AUTHIER-REVUZ, Jacqueline. Heterogeneidade(s) Enunciativa(s). Tradução: Celane M.Cruz e João Wanderley Geraldi. In: Cadernos de Estudos Linguísticos , 19, jul/dez, 1990. p 24-42.

BRASIL. Orientações curriculares para o ensino médio; linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006. (Orientações curriculares para o ensino médio; volume 1)

BRANDÃO, Helena H. N. Introdução à análise do discurso. 7. ed. São Paulo: Unicamp, 1991.

CALDART, Roseli Salete. Pedagogia do Movimento Sem Terra, Petrópolis: Vozes, 2000.

_______ Movimento Sem Terra: lições de pedagogia. Currículo sem Fronteiras, v.3, n.1, pp. 50-59, Jan/Jun. 2003.

DOSSIÊ MST-ESCOLA: Documentos e Estudos 1990 – 2001. Caderno de Educação nº 13, Edição Especial. São Paulo: Expressão Popular, 2005, pp 235-263.

FLORESTA, Leila. Escola dos acampamentos/assentamentos do MST: uma perspectiva para a revolução? (Tese de Doutorado). Faculdade de Educação. UNICAMP. Campinas, 2006.

HALL, Stuart. A Identidade em Questão: identidade cultural na pós-modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

_______ Quem precisa de identidade? In SILVA, Tomas Tadeu (org). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

PECHEUX, Michel. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni Pucineli Orlandi et al. Campinas: Ed. Unicamp, 1995. 317 p. Edição original: 1975.

_______ O Discurso: Estrutura ou Acontecimento. Trad. Eni P. Orlandi. 3. ed. Campinas: Ed. Pontes, 2002.

_______ Semântica e discurso. Tradução de Eni P. Orlandi. 4 ed. Campinas: editora da UNICAMP, 2009.

_______; FUCHS, C. A propósito da Análise Automática do Discurso: atualização e perspectivas. Tradução de Péricles Cunha. In: GADET, F.; HAK, T. (Orgs.). Por uma análise automática do discurso: uma introdução à obra de Michel Pêcheux. 3. ed. Campinas: Unicamp, 1997 [1975]. p. 163-252.

SILVA, Tomas Tadeu (org). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

WOODWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, Tomas Tadeu (org). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Outras informações podem ser obtidas exclusivamente pelo e-mail revistagepfip@gmail.com

REVISTA DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES- GEPFIP - ISSN 23595051 (Publicação online)

A/C Profa. Ana Lúcia Gomes da Silva (Editora-chefe)

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/CPAQ

Praça Nossa Senhora da Conceição, 163, Centro - CEP: 79200-000 - Aquidauana/ MS

Telefone: +55 (67) 3241 0312