Lá Pietá: O Diabo é mulher e mãe piedosa!

  • Salma Ferraz de Ferraz Oliveira UFSC Universidade FEderal de SAnta Catarina (UFSC)
Palavras-chave: Teologia; Demonologia; Literatura infantil; Diabo; Diaba.

Resumo

O presente artigo analisa a presença do Diabo em sua forma feminina nos contos infanto-juvenis Tereza Bicuda (1988), de Ciça Fittipaldi, e no conto A diaba e sua filha (2000), da francesa Marie Ndiaye.

Biografia do Autor

Salma Ferraz de Ferraz Oliveira, UFSC Universidade FEderal de SAnta Catarina (UFSC)

Possui Graduação em Letras - Faculdades Integradas Hebraico Brasileira Renascença (1987), mestrado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995) e doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002). Cursou o Pós Doutorado na Universidade Federal de Minas Gerais (2008). Bolsista da Fundación Carolina na Universidad Autónoma de Madrid(2009). Atualmente é professora Associada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e atua na Pós Graduação orientando projetos de pesquisa na área de Teopoética, estudos comparados entre Teologia e Literatura. Tem experiência na área de Teologia, com ênfase no diálogo cpma literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: José Saramago, Teologia, Bíblia e Literatura, Madalena, Judas, Diabo, O demoníaco na Litertura, o vampiro na Literatura, contos, criação literária, Dirige o NUTEL, Núcleo de Estudos comparados entre Teologia e Literatura sediado na UFSC, em Florianópolis, Santa Catarina. É graduanda de Teologia na FACASC, Faculdade de Teologia de Santa Catarina. Realizou Pós Doutoramento na UFMG em 2013. É contista com diversos prêmios recebidos e livros publicados.

Informações coletadas do Lattes em 09/01/2017

Possui Graduação em Letras - Faculdades Integradas Hebraico Brasileira Renascença (1987), mestrado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995) e doutorado em Letras pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2002). Cursou o Pós Doutorado na Universidade Federal de Minas Gerais (2008). Bolsista da Fundación Carolina na Universidad Autónoma de Madrid(2009). Atualmente é professora Associada da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e atua na Pós Graduação orientando projetos de pesquisa na área de Teopoética, estudos comparados entre Teologia e Literatura. Tem experiência na área de Teologia, com ênfase no diálogo cpma literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: José Saramago, Teologia, Bíblia e Literatura, Madalena, Judas, Diabo, O demoníaco na Litertura, o vampiro na Literatura, contos, criação literária, Dirige o NUTEL, Núcleo de Estudos comparados entre Teologia e Literatura sediado na UFSC, em Florianópolis, Santa Catarina. É graduanda de Teologia na FACASC, Faculdade de Teologia de Santa Catarina. Realizou Pós Doutoramento na UFMG em 2013. É contista com diversos prêmios recebidos e livros publicados.

Informações coletadas do Lattes em 09/01/2017

Referências

AZEVEDO, Ricardo. Roberto do Diabo. São Paulo: Scipione, 1988.
BULTMANN, Rudolf. Demitologização. Trad. Walter Altmann e Luís Marcos Sander. São Leopoldo: Sinodal, 1999.
CLARK, Stuart. Pensando com Demônios – A ideia da bruxaria no princípio da Europa moderna. Trad. Celso Mauro Paciornik. São Paulo: Edusp, 2006.
COUSTÉ, Alberto. Biografia do diabo. Trad. Luca Albuquerque. Rio de Janeiro: Rosa dos Tempos, 1996.
ANDRADE, Carlos Drumonnd. Confissões de Minas. In: Literatura Obra completa. Rio de Janeiro: Aguiar Editora, 1979.
FERRAZ, Salma. O Diabo na Literatura para Crianças. In: Revista Linguagens, Revista de Letras, Artes e Comunicação. Blumenau: Furb, 2008.

______. O diabo é teen. Dourados: UFGD, 2013.
______. As malasartes de Lúcifer. Londrina: EDUEL, 2012.
______. Escritos Luciféricos. Blumenau: Furb: Blumenau, 2014.
______. O demônico na literatura. João Pessoa: EDUEP, 2013.
FITTIPALDI, Ciça. Tereza Bicuda. São Paulo: Scipione, 1988.
GUERRA, Felipe do Monte. A figura de Satanás no cinema nacional. USP, 2011.
JORGGE, Adriana. A dita cuja. Inédito.
KASPER, Walter; LEHMANN, Karl et al. Diabo, Demônios e Possessão: da realidade do mal. Trad. Silvino Arnhold S.J. São Paulo: Loyola, 1992.
KOLTUV, Barbara Black. Libro de Lilith. Trad. Rubens Rusche. São Paulo: Cultrix, 1997.
LAGO, Ângela. Muito Capeta. 2. ed. São Paulo: Companhia da Letrinhas, 2004.
LE GOFF, Jacques. Dicionário Temático do Ocidente Medieval. Trad. Hilário Franco Jr. Bauru: Edusc, 2002.
LINK, Luther. O Diabo: a máscara sem rosto. Trad. Laura Teixeira Motta. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.
MESSADIÉ, Gerald. História geral do Diabo: da Antiguidade à Época Contemporânea. Trad. Alda Sophie Vinga. Portugal: Europa-América, 2001.
MILES, Jack. Deus – uma Biografia. Trad. José Rubens Siqueira. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.
MORAL, Ricardo Pinheiro. El olvido do Diabo. Salamanca: Luso-espanhola Ediciones, 2006.
MUCHEMBLED, Robert. Uma história do Diabo. Trad. Maria H. Kühner. São Paulo: Bom Texto, 2001.
NDIAYE, Marie. A diaba e sua filha. São Paulo: Cosac Naify, 2011.
NOGUEIRA, Carlos Roberto F. O Diabo no Imaginário Cristão. São Paulo: Ática, 1986.
PAGELS, Elaine. As origens do Satanás. Trad. Ruy Jungmann. Rio de Janeiro: Ediouro, 1996.
PAPINI, Giovanni. O Diabo: apontamentos para uma futura Diabologia. Trad. Fernando Amado. Lisboa: Livros do Brasil, 1954.
QUEVEDO, G. Oscar. Antes que os demônios voltem. São Paulo: Loyola, 1989.
QUEIRUGA, Andrés Torres. Repensar o mal: da Ponerologia à Teodiceia. Trad. Afonso Maria Ligorio Soares. São Paulo: Paulinas, 2011.
RIBAS, João Carvalhal. As fronteiras da demonologia e da psiquiatria. São Paulo: Edigraf, 1964
RICE, Anne. Vitório, o vampiro. Trad. Alberto Lopes. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.
RICONDO, Ignácio María Suárez. Discusión teológica sobre los ángeles i los demonios en el siglo XX: Thesis ad doctoratum im sacra theologia totakiter edita. Buenos Aires: Pontificia Universitas Sanctae Crucis, Facudas Theologie, La Stampa: 2008.
QUEIRÓZ, Julio. Pelas Frestas da Caverna – Ensaios. Org. Salma Ferraz. Blumenau: Furb, 2013.

SCHNOEBELEN, William. Lúcifer Destronado. Trad. Milton Azevedo Andrade. Rio de Janeiro: Danprewant, 2003.
SIMÕES, Bárbara; DAIBERT JR, Robert. Escrituras de Deus e do Diabo – ensaios de religião, história e literatura. Juiz de Fora: Editora UFJF, 2012.
SISTO, Celso. A noiva do Diabo. Chapecó: Grifos, 2000.
STANFORD, Peter. O Diabo: uma biografia. Trad. Márcia Frazão. Rio de Janeiro: Gryphus, 2003.
TILLICH, Paul. Filosofia de la religion. Buenos Aires: La Aurora, 1969.
Publicado
2020-01-25
Seção
Artigos - Literatura, Estudos Comparados e Interartes