Resumo: <br>Avaliação da toxicidade aguda do extrato etanólico das folhas, caule e frutos de Alibertia edulis (L. C. Rich.) A. C. Rich. PECIBES, supl.2, 8, 2016

  • Lidiani Figueiredo Santana
  • Diana Figueiredo de Santana Aquino
  • Tamaeh Monteiro Alfredo
  • Brunna Charlla Feitosa Farenelli
  • Claudia Andrea de Lima Cardoso
  • Silvia Aparecida Oesterreich
  • Maria do Carmo Vieira

Resumo

Alibertia edulis, planta popularmente conhecida como marmelo do cerrado, pertence à família Rubiaceae abundantemente presente no Cerrado brasileiro. É uma espécie arbórea com belas folhagens, flores brancas e atinge até oito metros de altura. Possui grande potencial como planta ornamental e seus frutos são uma importante fonte de alimento para a população local, principalmente entre os indígenas. Além disso, A. edulis foi usada em estudos fitoquímicos, para extração e identificação de compostos como triterpenos, fenóis, flavonoides e saponinas, e atualmente está sendo estudado seu potencial hipoglicemiante, anti-hipertensivo, diurético e antitumoral. Contudo, não há relatos na literatura que comprovem esses efeitos, tão pouco quanto ao seu potencial toxicológico.
Publicado
2017-09-21