A simulação como estratégia de educação em saúde com gestantes

  • Hevelyn Francielle Soares Souto Nunes 1Discente em Enfermagem pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. E,mail: hev.tec.enfermagem@hotmail.com 2Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande, MS, Brasil. 3Enfermeira Obstetra. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande, MS, Brasil. 4Enfermeira Obstetra. Mediadora do Projeto Apice On do Ministério da Saúde em Campo Grande, MS, Brasil. 5Enfermeira Obstetra. Doutora em Saúde e Desenvolvimento da Região Centro Oeste. Docente do Instituto Integrado de Saúde no Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal Mato Grosso do Sul. Campo Grande, MS, Brasil.
  • Kelli Thiemi Ferreira Kato
  • Mahara Carvalho Moreira
  • Caroliny Oviedo Fernandes
  • Luciana Virginia de Paula e Silva Santana
  • Karine Gomes Jarcem
  • Sandra Luzinete Felix de Freitas

Resumo

Introdução: O Ensino Baseado em Simulação é uma nova estratégia que visa o aprendizado por meio da articulação entre teoria e prática, o erro como oportunidade de aprendizagem, a relação entre o mundo real e o mundo virtual e o fortalecimento do trabalho em equipe. Essa metodologia tem sido usada, permitindo uma reprodução próxima ao real para favorecer o desenvolvimento de habilidades técnicas, cognitivas e atitudinais, em um ambiente que permite o erro sem colocar em risco a segurança dos agentes do cenário real, neste caso, gestantes atendidas em uma clínica escola. Descrição da Experiência: Relato de experiência das discentes de Enfermagem em um projeto de extensão que realiza consultas de pré-natal de baixo risco. Neste projeto, as acadêmicas realizam consultas de enfermagem às gestantes de baixo risco e, durante o atendimento, percebem quais são as queixas, os anseios e as dúvidas mais frequentes. Assim, é realizado uma vez ao mês, oficinas que visam auxiliar e esclarecer dúvidas das gestantes e acompanhantes. Esse trabalho é sobre a utilização da simulação do banho do recém-nascido com utilização de materiais reais, favorecendo o manejo e aprendizado. As alunas se dividem para ensinar a gestante individualmente, facilitando domínio de técnicas, incentivando o fortalecimento de vínculo entre o binômio e a participação do acompanhante. Discussão: O foco das oficinas é uma abordagem teórico-prática com embasamento científico por meio do Ensino Baseado em Simulação, no qual se pode construir o conhecimento, habilidade técnica, comunicação, liderança e o trabalho em equipe. Obtém-se um saldo positivo com as oficinas, já que as gestantes podem interagir umas com as outras, esclarecer dúvidas no momento da prática e reforçar as informações teóricas repassadas antes da simulação. As participantes da oficina relatam que ao praticarem o que foi explicado conseguem identificar dúvidas e esclarecer pontos que ficam confusos apenas com a exposição da teoria. Além disso, relatam que ao juntar a explanação com a possibilidade do treinamento adquiriram mais confiança para manipular o recém-nascido no momento do banho.

 

Palavras-chave: Cuidado Pré-Natal; Gravidez; Enfermagem obstétrica.