Algumas Percepções de Matemática e de Ensino de Matemática Apresentadas por Professores que Atuam na Educação Básica

Lucas Ferreira Gomes, Eliane Maria de Oliveira Araman

Resumo


Este trabalho procura fazer uma reflexão a respeito de algumas concepções de Matemática e seu ensino apresentadas por professores que atuam na Educação Básica (anos finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio). A investigação realizada, de forma qualitativa, foi desenvolvida com professores que atuam na rede pública de ensino na região de Cornélio Procópio, a coleta dos dados se desenvolveu por meio de entrevistas semiestruturadas e a análise se deu a partir dos pressupostos da Análise de Conteúdo. O objetivo de se pesquisar estas concepções é que, segundo alguns pesquisadores da área da Educação Matemática, elas influenciam na maneira como os educadores irão ensinar Matemática, isto é, as ações dos professores são mediadas pelas concepções, por isto estes saberes são relevantes e devem ser estudados e analisados. A partir desta pesquisa foi possível perceber algumas limitações nestes saberes, evidenciando que são necessárias ações formadoras que possibilitem ampliá-los.


Palavras-chave


Educação Matemática Concepções. Saberes docentes. Formação de professor.

Texto completo:

75-97

Referências


ARDILES, R. N. Um estudo sobre as concepções, crenças e atitudes dos professores em relação à matemática. 2007. 268 f. Dissertação (Mestrado em Educação), Universidade Estadual de Campinas, São Paulo. 2007.

ARAMAN, E. M. O. Contribuições da história da matemática para a construção dos saberes do professor de matemática. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática), Universidade Estadual de Londrina, Londrina. 2011.

BARBIN, E. Integranting history: research perspectives. In: FAUVEL, John; MAANEN, Jan van. History in Mathematics Education: the ICMI Study. Dordrecht: Kluwer Academic

Publishers, 2000.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BAUER, M. W.; AARTS, B. A construção do corpus: um princípio para coleta de dados qualitativos. In: M. W. Bauer; G. Gaskell (Eds.), Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis: Vozes, 2002.

BELOTTI, S. H. A.; FARIA, M. A.; Relação professor/aluno. Revista Eletrônica Saberes, São Roque, v. 1, n. 1. 2010. Disponível em: < http://www.facsaoroque.br/>. Acesso em: 12 de fev. de 2015.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: matemática. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRITO, A. J.; ALVES, F. T. O. Profissionalização e saberes docentes: análise de uma experiência em formação inicial de professores de matemática. In: NACARATO, A. M.; PAIVA, M. A. V. (Orgs.). A formação do professor que ensina matemática: perspectivas e pesquisas. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

BURSAL, M. Turkish preservice elementary teachers’ self-efficacy beliefs regarding mathematics and science teaching. International Journal of Science and Mathematics

Education, v. 8, n. 4, p. 649-666, 2010.

CHARALAMBOUS, C. Y.; PANAOURA, A.; PHILIPPOU, G. Using the history of mathematics to induce changes in preservice teachers' beliefs and attitudes: insights from evaluating a teacher education program. Educational Studies in Mathematics, New York, v. 71, n. 2, 2009.

D’AMBRÓSIO, U. Educação Matemática: da teoria à prática. 2ª edição. Campinas: Papirus, 2012.

FIORENTINI, Dario. Alguns Modos e ver e conceber o ensino da matemática no Brasil. Zetetiké, ano 3, nº. 4, 1995, p.1-37.

FIORENTINI, D.; SOUZA JR, AJ de; MELO, G. F. A. Saberes docentes: um desafio para acadêmicos e práticos. Cartografias do trabalho docente: professor(a)-pesquisador(a). Campinas: Mercado de Letras, ALB, 1998.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em educação matemática percursos teóricos e metodológicos. Campinas: Autores Associados, 2006.

GAUTHIER, C. Por uma teoria da Pedagogia, pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. 2ª edição. Rio Grande do Sul: Unijui, 2006.

HUETE, J. C. S.; BRAVO, J. A. F. O ensino da matemática: fundamentos teóricos e bases psicopedagógicas. Porto Alegre: Artmed, 2006.

JESUS, S. N. Demotivation and identity crisis in the teaching profession. In: T. Carreira; A. Tomé (Org.), Champs Sociologiques et Éducatifs. Enjeux au-delà des Frontières. Paris: L’ Harmattan, 2006.

LORENZATO, S. Para aprender matemática. 3ª edição. Campinas: Autores Associados, 2010.

LUDKE, M.; ANDRÉ, M. Pesquisa em educação matemática: abordagens qualitativas. 2ª edição. São Paulo: EPU, 2013.

MAIA, L. S. L. Matemática concreta X matemática abstrata: mito ou realidade? In: ANPED, 23, 2000. Anais... Caxambu, 2000. 1 CD.

MANZINI, E. J. Entrevista semiestruturada: análise de objetivos e de roteiros. In:

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE PESQUISA E ESTUDOS QUALITATIVOS, 2, A pesquisa qualitativa em debate, Bauru, 2004. Anais... Bauru: SIPEQ, 2004. 1 CD.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual: discursiva. Ijuí: Unijuí, 2007.

MORIN, E. O Método: o conhecimento do conhecimento. (Tradução Juremir Machado da Silva). 2ª edição. Porto Alegre: Sulinas, 1999.

PAIS, L. C. Ensinar e aprender matemática. 2ª edição. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

PASSOS, C.L.B. As representações matemáticas dos alunos do curso de magistério e suas possíveis transformações: uma dimensão axiológica. 1995. 213f. Dissertação (Mestrado), Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas. 1995.

PIAGET, J. Aprendizagem e desenvolvimento. In: PANCELLA, J. R.; NESS J. S. V. Studying Teaching. Prentice Hall, 1972.

FIORENTINI, Dario. Alguns Modos e ver e conceber o ensino da matemática no Brasil. Zetetiké, ano 3, nº. 4, p.1-37, 1995.

PONTE, J. P. Concepções dos professores de matemática e processos de formação. In: Educação Matemática: Temas de investigação. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1992. Disponível em: Acesso em: 10 de março de 2015.

______. Matemática, insucesso e mudança: problema possível, impossível ou indeterminado? Aprender, n. 6, p.10-19, 1998.

______. Saberes profissionais, renovação curricular e prática lectiva. In L. Blanco & V. Mellado (Orgs.). La formación del profesorado de Ciencias y Matemática en España y Portugal. Badajoz: Universidad de Extremadura, p. 187-202, 1995. Disponível em: Acesso em: 25 de março de 2014.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 15ª edição. Rio de Janeiro: Vozes, 2013.

TARDIF, M.; GAUTHIER, C. O saber profissional dos professores: fundamentos e epistemologia. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA SOBRE O SABER DOCENTE, 1, 1996, Fortaleza. Anais... Fortaleza: UFCE, 1996.

THOMPSON, Alba Gonzalez. The relationship of teachers' conceptions of mathematics and mathematics teaching to instructional practice. Educational studies in mathematics, v. 15, n. 2, p. 105-127, 1984.

VILLA, A; CALLEJO, M. L. Matemática para aprender a pensar: o papel das crenças na resolução de problemas. Porto Alegre: Artes Médicas, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License

INDEXADORES

      Resultado de imagem para latindex indexador