FILOSOFIA E PSICANÁLISE

considerações sobre um artigo do Sr. Professor Dr. JAMES J. PUTNAM da Universidade de Harvard, Boston EUA

Palavras-chave: Filosofia. Psicanálise. Sándor Ferenczi.

Resumo

O texto aqui traduzido foi publicado por Sándor Ferenczi em 1912, no primeiro volume da revista Imago, e constitui uma resposta à comunicação feita por James Jackson Putnam no terceiro Congresso internacional de psicanálise, realizado no ano de 1911 em Weimar, cuja versão escrita será publicada no ano seguinte com o título Ueber die Bedeutung philosophischer Anschauungen und Ausbildung für die weitere Entwicklung der psychoanalytischen Bewegung.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Padovan, Université Paul Valéry, Montpellier 3 / Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Doutor em Psicopatologia e psicanálise pela Université Paris Diderot, Paris 7 (2018). Mestre em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013). Psicólogo e bacharel em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná (2010), desenvolveu estudos junto ao departamento de Filosofia e ao Departamento de Letras desta mesma Instituição entre 2006 e 2010. Colabora atualmente com o departamento de psicologia da Université Paul Valéry Montpellier 3 e é pesquisador associado no Centre de recherche Psychanalyse, médecine et société. Possui interesse pelos seguintes temas: História e filosofia da psicanálise, da psiquiatria e das ciências humanas. Foi presidente da Associação de Pesquisadores e Estudantes Brasileiros na França (APEB-FR) entre 2014 e 2017.

Guilherme Germer, Universidade Estadual de Campinas

Professor temporário da Universidade Estadual de Maringá (UEM, 2020), realizou estágio de pós-doutorado em filosofia na Universidade de São Paulo (USP, 2017-2019) e na UEM (2016). Concluiu o doutorado (2015, Agência de fomento: FAPESP), mestrado (2011, Agência de fomento: CNPq), licenciatura (2008) e bacharelado (2007) em filosofia na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Fez parte de seus estudos pós-doutorais como pesquisador convidado na Eberhard Karls Universität Tübingen (2018), e fez um estágio de pesquisa no Centro interdipartimentale di ricerca su Arthur Schopenhauer e la sua scuola da Università del Salento (2-8/2013), graças ao uso da reserva técnica da bolsa de doutorado da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Ministrou disciplinas de filosofia em pós-graduação na UEM (2016) e em graduação também na UEM (2020, 2021) e na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS, 2019). É membro do Conselho Editorial Nacional da Voluntas: Revista internacional de filosofia (UFSM). Integra o Grupo de Trabalho ? Schopenhauer da Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia (ANPOF) e o Grupo de Pesquisa ? Subjetividade, filosofia e psicanálise (UFMS). Tem publicações e participações em eventos no Brasil, Europa, Uruguai e Argentina. Atua nos campos de filosofia moderna e contemporânea, ética, estética e filosofia da religião.

Weiny César Freitas Pinto, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Professor do curso de Filosofia e do Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Possui graduação, especialização, mestrado e doutorado em Filosofia. Atua nas áreas de História da Filosofia moderna e contemporânea, especialmente tradição francesa, com ênfase nos temas subjetividade e epistemologia das ciências humanas, especialmente, epistemologia da psicanálise. No momento, desenvolve pesquisa em duas frentes de investigação: 1) História da Filosofia da Psicanálise: sobre a recepção filosófica da psicanálise pelas tradições francesa, alemã, anglo-saxã e brasileira; 2) Estudos de Filosofia Ricoeuriana, análise da obra filosófica de Paul Ricoeur (1913-2005). Coordena o Grupo de Pesquisa Subjetividade, Filosofia e Psicanálise (UFMS), é membro do GT Filosofia e Psicanálise da ANPOF (Associação Nacional de Pós-graduação em Filosofia) e do Grupo brasileiro de estudos da obra ricoeuriana. É pesquisador do Grupo de Pesquisa em Filosofia e Psicanálise da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), do Grupo de pesquisa Filosofia da Psicanálise da PUCPR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná) e do Centro de Estudos de História e Filosofia das Ciências Humanas da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora). Em 2014/2015 realizou estágio de doutorado em Paris-França, na EHESS - École des Hautes Études en Siences Sociales, e foi pesquisador associado ao Fonds Ricoeur, centro internacional de pesquisa da filosofia de Paul Ricoeur.

Referências

.
Publicado
2021-07-15
Como Citar
Ferenczi, S., Padovan Soares de Souza, C., Marconi Germer, G., & Freitas Pinto, W. C. (2021). FILOSOFIA E PSICANÁLISE. Eleuthería - Revista Do Curso De Filosofia Da UFMS, 6(10), 345 - 358. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/reveleu/article/view/13494
Seção
Traduções

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)