Irene de Albuquerque e os saberes para a construção da avaliação

  • Waléria Adriana Gonçalez Cecílio PUCPR
  • Otavia Maria Kreitlow Basso PUCPR

Resumo

Este texto intenta conhecer e refletir sobre os saberes necessários para realizar a verificação da aprendizagem na escola primária paranaense. Estes saberes, foram apresentados a professores primários, orientadores de ensino e alunos das Escolas Normais por meio do manual Metodologia da Matemática (1951; 1960) de Irene de Albuquerque. Os saberes sistematizados no manual de Albuquerque nos fez refletir sobre a seguinte questão: Quais saberes associados a verificação da aprendizagem estavam presentes na obra Metodologia da matemática? A resposta à problematização aponta para a defesa que os saberes apresentados na obra de Albuquerque moveu-se entre o movimento associado à Pedagogia Tradicional e a Pedagogia da Escola Nova. Ao que tudo indica, estes movimentos, influenciaram na forma de construção da avaliação da aprendizagem e instigaram reflexões acerca de saberes para aferir, que se constituíram em elementos de “profissionalidade” para professores primários.

Biografia do Autor

Waléria Adriana Gonçalez Cecílio, PUCPR

Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2018) e Professora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil. Email: waleria.adriana@pucpr.br.

Otavia Maria Kreitlow Basso, PUCPR

Especialização em Gestão Escolar pela Faculdade Padre João Bagozzi (2018), Bolsista do Programa de Iniciação Científica EAD da PUCPR do curso de Licenciatura em Matemática e Professora da Escola Batista Shalon, Brasil. Email: otavia.mkb@hotmail.com.

Referências

Albuquerque, I (1951). Metodologia da matemática. Rio de Janeiro: Conquista.

Albuquerque, I (1960). Metodologia da matemática. Rio de Janeiro: Conquista.

Almeida, L. S. (2002) Facilitar a aprendizagem: ajudar os alunos a aprenderem e a pensar. Revista Psicologia Escolar e Educacional, 6(2), 155-165.

Cecílio, W. A. G. & Miguel, M. E. B. (2018). Avaliação da matemática escolar: contribuições da pedagogia da Escola Nova. Tese de Doutorado em Educação. Curitiba: Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Retirado em 7 de agosto, 2020, de: http://www.biblioteca.pucpr.br/pergamum/biblioteca/img.php?arquivo=/00006c/00006c28.pdf.

Ferreira, A. B. H de. (1993) Dicionário Aurélio da língua portuguesa. Curitiba: Positivo.

Sordi, M. R. L. de. (2001) Alternativas propositivas no campo da avaliação: por que não? In: Castanho, Sérgio & Castanho, Maria Eugênia (Orgs.). Temas e textos em metodologia do ensino superior. Campinas: Papirus.

Villela et. al (2016) Os Experts dos Primeiros Anos Escolares: a construção de especialistas no ensino de Matemática In: Pinto, Neuza Bertoni & Valente, Wagner Rodrigues (Orgs.). Saberes elementares matemáticos em circulação no Brasil: dos documentos oficiais às revistas pedagógicas 1890 – 1970. (p. 245 – p. 292) São Paulo: Livraria da Física.

Publicado
2020-10-24
Como Citar
Cecílio, W. A. G., & Basso, O. M. K. (2020). Irene de Albuquerque e os saberes para a construção da avaliação. Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (5), 1-5. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/10881
Seção
Sessões Coordenadas