História do ensino de Matemática de um colégio técnico de Minas Gerais (1969-2006)

  • Kelly Maria de Campos Fornero Abreu de Lima Melillo Docente do Colégio Técnico da UFMG, COLTEC
  • Maria Laura Magalhães Gomes Docente da Universidade Federal de Minas Gerais, UFMG

Resumo

Esse trabalho apresenta recortes de um projeto de pesquisa de doutorado, em fase inicial de execução. A investigação objetiva constituir uma versão da história do ensino de Matemática a partir do resgate das práticas pedagógicas de professores de Matemática em cursos técnicos oferecidos por uma escola técnica de nível médio, vinculada a uma universidade federal. Tal versão será elaborada a partir de depoimentos dos docentes de Matemática que lecionaram nessa escola, relatando suas práticas, explicitando suas concepções sobre o ensino de Matemática dessa instituição, desde sua criação, em 1969, até o ano de 2006. Pretende-se investigar se esses professores receberam formações/orientações específicas para atuação em cursos técnicos e averiguar se as mudanças nos modos de conceber o ensino técnico no país, no período investigado, proporcionaram reflexos no ensino de Matemática desse colégio. Para além de preencher uma lacuna nos registros históricos, acredita-se que o discurso dos professores poderá resgatar a subjetividade, as lembranças, os sentimentos, as memórias, as tradições, as intenções, as frustrações, os desafios e as emoções desses sujeitos (individual e coletivamente). Levando em conta esse propósito, julga-se pertinente utilizar a História Oral como metodologia de pesquisa, tomando como referência trabalhos do Grupo História Oral e Educação Matemática – GHOEM. Documentos oficiais pertinentes e outras fontes disponíveis também irão subsidiar a pesquisa.

Referências

BRASIL. Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Disponível em: <http://redefederal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=52&Itemid=2>. Acesso em: 15 de jul. 2013.

GALVÃO, A. M. O.; LOPES, E. M. T. Introdução. In. GALVÃO, A. M; LOPES, E. M. T. Território plural: a pesquisa em história da educação. São Paulo. Ática, 2010, p. 11- 19.

GARNICA, A. V. M. História Oral e Educação Matemática: de um inventário a uma regulação. In Zetetiké (UNICAMP), Campinas, v.11, n. 19, p. 09-55. Jan./Jun. 2003

GARNICA, A. V. M. História Oral e Educação Matemática. In: BORBA, Marcelo de C.; ARAÚJO, Jussara de L. (Orgs). Pesquisa Qualitativa em Educação Matemática. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 79-100.

GARNICA, A. V. M. História Oral e Educação Matemática: proposta metodológica, exercício de pesquisa e uma possibilidade para compreender a formação de professores de Matemática. In: III Simpósio Internacional de Educação Matemática (SIPEM), 2006, Águas de Lindóia. Anais do SIPEM. Águas de Lindóia/Curitiba : SBEM, 2006a.

GARNICA, A. V. M. Manual de História Oral em Educação Matemática outros usos outros abusos. Guarapuava: SBHMat, 2007.

GARNICA, A. V. M. Registrar oralidades, analisar narrativas: sobre pressupostos da História Oral em Educação Matemática. In: Ciências Humanas e Sociais em Revista, v. 32, p. 20-35, 2010.

MEIHY, J. C. S. B.; RIBEIRO, Suzana L. S. Guia prático de história oral: para empresas, universidades, comunidades, famílias. São Paulo: Contexto, 2011.

VALENTE, W. R. Quem somos nós, professores de Matemática? Cad. Cedes, Campinas, vol. 28, n.74, p. 11-23, jan./abr. 2008.

Publicado
2022-01-07
Como Citar
Melillo, K. M. de C. F. A. de L., & Gomes, M. L. M. (2022). História do ensino de Matemática de um colégio técnico de Minas Gerais (1969-2006) . Anais Do ENAPHEM - Encontro Nacional De Pesquisa Em História Da Educação Matemática - ISSN 2596-3228, (2), 648-658. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/ENAPHEM/article/view/15165
Seção
Sessões Coordenadas