AS POSSIBILIDADES DE TRABALHAR ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS

Vera Cristina Almeida Puttini MENDES, Alzira do Socorro LUCIOLO

Resumo


A presente pesquisa surgiu da necessidade de trabalhar de forma contextualizada no processo de alfabetização e letramento. Para tanto, o Centro Municipal em Alfabetização Rotary Club, em Aquidauana - MS elaborou o projeto “CMA Rotary Club Viajando na Literatura Infantil", proporcionando às crianças da Educação Infantil e o 1º e 2º Ano do Ensino Fundamental o contato com a Literatura Infantil por meio de atividades lúdicas que favoreçam a evolução da leitura e da escrita. As descrições das ações realizadas, a importância para as crianças, como também o dia a dia frente às aprendizagens e descobertas feitas pelos professores e crianças envolvidas, é o conteúdo proposto para este artigo, bem como os avanços e dificuldades encontradas. O grande desafio da escola é oportunizar situações de aprendizagem através do processo de alfabetização e letramento desde a Educação Infantil. Nesse sentido, a proposta do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC propõe o contato com os diversos gêneros textuais através de atividades lúdicas que favoreçam a evolução da leitura e da escrita, considerando que a formação de futuros leitores antecede a Educação Infantil e continua por toda a vida. A metodologia desenvolvida foi baseada na Pesquisa-ação, trabalhando atividades diferenciadas enfocando na educação Infantil as turmas do 1º e 2º anos do ensino fundamental. O que torna a pesquisa relevante é a necessidade de oportunizar as crianças, situações de aprendizagens com as diversas práticas sociais de leitura e escrita, apropriando-se progressivamente e consequentemente utilizando-as de forma competente e prazerosa.

Palavras-chave


Alfabetização e Letramento; Educação Infantil; PNAIC

Texto completo:

PDF

Referências


BATISTA, Antônio A. G. Alfabetização, leitura e escrita. In: Carvalho, Maria A. F. & Mendonça, Rosa H. (org.). Práticas de leitura e escrita. Brasília: Ministério da Educação, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional da Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1988.

_______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional.

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Vamos brincar de reinventar histórias: ano 03, unidade 04, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC/SEB, 2012.

COELHO, N. N. O conto de fadas: símbolos, mitos, arquétipos. São Paulo: Paulinas, 2003.

ELLIOT, John. Recolocando a pesquisa-ação em seu lugar original e próprio. In: GERARDI, Corinta Maria Crisolia; FIORENTINI, Dario; PEREIRA, Elisabete Monteiro de Aguiar (Org.). Cartografias do trabalho docente: professor (a)- pesquisador(a). Campinas: Mercado de Letras, 1997.

FERREIRO, Emilia. Com Todas as Letras. São Paulo: Cortez, 1999.

GIL, A.C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

GIOVANI. Fabiana. Alfabetização: uma análise das concepções teóricas e práticas do livro didático. Escrita. Revista do Curso de Letras da UNIABEU Nilópolis, v. 3a, Número 3, Set. - Dez. 2012. Disponível em: http://www.uniabeu.edu.br/publica/index.php/RE/article/viewFile/485/pdf_311. Acesso em: 18/11/2014.

KADOW, R. C. As diversas faces da educação. Trabalho de conclusão de curso (graduação) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Programa Especial de Formação de Professores em Exercício da Região Metropolitana de Campinas (PROESF). Campinas/SP, 2006. Disponível em: http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=4&ved=0CD4QFjAD&url=http%3A%2F%2Fwww.bibliotecadigital.unicamp.br%2Fdocument%2F%3Fdown%3D20637&ei=uyJuVMq5CIOfNrm0guAM&usg=AFQjCNFwst4bnudQcjhno0dFKaLjXzMKKA&sig2=BO3e3P8cCLV4CoUuvfgLZw . Acesso em: 20/11/2014.

KLEIMAN, Ângela B. Os significados do letramento. Campinas: Mercado de Letras, 1995.

KRAMER, Sonia. A infância e a sua singularidade. In: BRASIL. Ministério da Educação. Ensino Fundamental de nove anos: Orientações para a inclusão da criança de seis anos de idade. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Brasília: Ministério da Educação, 2006.

MORAIS, A. G. de; LEITE, T. M. S. B. R. A escrita alfabética: por que ela é um sistema notacional e não um código? Como as crianças dela se apropriam? In: Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: A aprendizagem do sistema de escrita alfabética: ano 01, unidade 03, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC/SEB, 2012.

PIAGET, J. O Nascimento da Inteligência na Criança. 4. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

ROCHA. L. B. de J. A importância da história e dramatização dos contos de fadas na educação infantil para a faixa etária de quatro e cinco anos, 2012. Disponível em: http://www.biblioteca.ajes.edu.br/arquivos/monografia_20130522112352.pdf. Acesso em: 19/11/2014.

SMITH, Frank. O letramento na educação escolar: desfazendo alguns mitos. In:

CARVALHO, M. A. F. de. Prática de leitura e escrita. Brasília:

Ministério da Educação, 2006.

SOARES, Magda. Letramento e Alfabetização: as muitas facetas, In: Revista Brasileira de Educação, n. 25, jan./abr, 2004.

_______. Oralidade, alfabetização e letramento. Alfabetização e letramento na educação infantil. Revista Pátio Educação Infantil - Ano VII - Nº 20 - ArtMed - Jul/Out, 2009.

_______. Letramento: Um tema em três gêneros. 4. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010.

SOLIGO, R. Variações sobre o mesmo tema: letramento e alfabetização. In: RIBEIRO, V. M. Letramento no Brasil. São Paulo: Editora Global/Instituto Paulo Montenegro/Ação Educativa, 2003.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1986.

VAL, Maria G. C. O que é ser alfabetizado e letrado? In: Carvalho, Maria A. F. & Mendonça, Rosa H. (org.). Práticas de leitura e escrita. Brasília: Ministério da Educação, 2006.

VYGOTSKY, L.S. A Formação Social da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 2003.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Outras informações podem ser obtidas exclusivamente pelo e-mail revistagepfip@gmail.com

REVISTA DIÁLOGOS INTERDISCIPLINARES- GEPFIP - ISSN 23595051 (Publicação online)

A/C Profa. Ana Lúcia Gomes da Silva (Editora-chefe)

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/CPAQ

Praça Nossa Senhora da Conceição, 163, Centro - CEP: 79200-000 - Aquidauana/ MS

Telefone: +55 (67) 3241 0312