Formação de Professores e Modelo dos Campos Semânticos: Experiências e Discussões

Palavras-chave: Educação Matemática, Formação de professores, Conhecimento, Formação Matemática, Modelo dos Campos Semânticos

Resumo

Neste artigo apresentamos os resultados de nossa tese doutorado que se dedicou a estudar a produção de um projeto de formação de professores de Matemática coerente com uma perspectiva teórica adotada a partir do Modelo dos Campos Semânticos (MCS). E, também, no processo de análise de alguns trabalhos nos quais o MCS está em ação, evidenciamos a plausibilidade desse projeto. Na realização da pesquisa que subsidia os resultados aqui apresentados adotamos uma postura qualitativa e realizamos uma investigação de cunho bibliográfico das produções de um grupo de pesquisa no período compreendido entre os anos de 1992 e 2012. Esse grupo de pesquisa foi escolhido por se dedicar ao estudo e uso da perspectiva teórica aqui analisada. Nossos resultados apontam para a formação de professores sendo focada a partir de diferentes perspectivas ao longo do período estudado. Evidenciamos, a partir deste movimento, aspectos de um projeto de formação de professores coerente com essa perspectiva e estabelecemos alguns princípios basilares para esse projeto. Neste artigo, trazemos uma síntese do estudo realizado, bem como ampliamos nossas análises para alguns trabalhos não considerados no estudo anterior objetivando evidenciar a plausibilidade dos resultados apresentados.

Biografia do Autor

João Pedro Antunes de Paulo, Instituto Federal Catarinense, câmpus Rio do Sul

Doutor em Educação Matemática pela Universidade Estadual Paulista, câmpus Rio Claro. Tem experiência na educação básica e ensino superior, atuando, atualmente, como professor substituto no IFC, câmpus Rio do Sul. No campo investigativo se concentra nos temas Formação de professores de Matemática e Filosofia da Educação Matemática. E-mail: paulojpa@outlook.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7054-9328

Referências

BATHELT, Regina Ehlers. Ensaios para um modo de ler modelos didático-teóricos em educação matemática: um estudo sobre a ótica do Modelo dos Campos Semânticos. 2018. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2018. Disponível em http://hdl.handle.net/11449/157380. Acesso em: 01 dez. 2019.

CAVAMURA, Adriane Eloisa. Formação continuada de professores de Matemática na década de 2000: um olhar para o Centro de Educação Continuada em Educação Matemática, Científica e Ambiental. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/150540. Acesso em: 01 dez. 2019.

HENRIQUES, Marcílio Dias; SILVA, Amarildo Melchiades. Área e Perímetro nos anos finais do ensino fundamental. Rio de Janeiro: Autografia, 2019.

JULIO, Rejane Siqueira.; OLIVEIRA, Viviane Cristina Almada de. Estranhamento e descentramento na prática de formação de professores de Matemática. BOLETIM GEPEM (ONLINE), p. 112, 2018.

LINS, Romulo Campos. et al. Of course r3 is blue! Developing an approach to turn a mathematics course into a mathematics education course. In: International Conference on the Teaching of Mathematics, 2., 2002, Crete. Procedings of ICTM2. Crete: University of Crete, 2002. [8] p.

LINS, Romulo Campos. A formação exige prática. Revista do professor Nova Escola. São Paulo, n. 165, p. 14, 2003.

LINS, Romulo Campos. Matemática, monstros, significados e educação matemática. In: BICUDO, M. A. V.; BORBA, M. C. Educação Matemática: pesquisa e movimento. São Paulo: Cortez, 2004. p. 92-120.

LINS, Romulo Campos. A formação pedagógica em disciplinas de conteúdo matemático nas licenciaturas em Matemática. Revista de Educação PUC-Campinas, Campinas, n. 18, p. 117-123, 2005.

LINS, Romulo Campos; SILVA, Heloisa; GONÇALVES, Simone Reganha. Educação matemática e consumo sustentável. Série Cadernos Cecemca n.18. Rio Claro: IGCE/UNESP: CECEMCA, 2005

LINS, Romulo Campos; SILVA, Heloisa. Frações. In: BRASIL. Pró-Letramento: Programa de Formação Continuada de Professores dos Anos/Séries Iniciais do Ensino Fundamental: matemática: fascículo do tutor e encartes. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2007. p. 79-87

LINS, Romulo Campos; SILVA, Heloisa. Frações. In: BRASIL. Pró-Letramento: Programa de Formação Continuada de Professores dos Anos/Séries Iniciais do Ensino Fundamental: matemática. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2008. p. 1-39

LINS, Romulo Campos; VIOLA DOS SANTOS, João Ricardo. Entrevista com o Romulo: Talvez isto devesse acontecer numa tese. In: SANTOS, Joao Ricardo Viola dos. Legitimidades possíveis para a formação matemática de professores de matemática: (ou: Assim falaram Zaratustras : uma tese para todos e para ninguém). 2012. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2012. p. 182-208. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/102099. Acesso em: 01 dez. 2019.

OLIVEIRA, Viviane Cristina Almada de; RIBACK, Dominike Grassi. Atividades fundamentadas em categorias do cotidiano: avaliando uma proposta à formação de professores de Matemática. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 12., São Paulo. Anais do XII Encontro Nacional de Educação Matemática, São Paulo: Universidade Cruzeiro do Sul, 2016. [12] p. Disponível em: http://www.sbembrasil.org.br/enem2016/anais/. Acesso em: 01 dez. 2019.

PAULO, João Pedro Antunes de. Analisando uma proposta à formação de professores de Matemática. In: Encontro Goiano de Educação Matemática – EnGEM. 6., 2017, Urutaí. Anais. Urutaí: IF Goiano, 2017

PAULO, João Pedro Antunes de. Compreendendo formação de professores no âmbito do Modelo dos Campos Semânticos. 2020. Tese (Doutorado Educação Matemática) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2020. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/191665> Acesso em: 01 ago. 2020.

PAULO, João Pedro Antunes de; VIOLA DOS SANTOS, João Ricardo. Planet of the apes and mathematics education (or: fiction as theorization movement in mathematics education). In: Mathematics Education and Society INTERNATIONAL CONFERENCE, 10., 2019, Hyderabd. Proceedings. Hyderabad: University of Hyderabad, 2019. p. 679-687 Disponível em: https://www.mescommunity.info/proceedings/MES10.pdf. Acesso em: 01 dez. 2019.

ROLKOUSKI, Emerson. Vida de professores de matemática: (im)possibilidades de leitura. 2006. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2006. Disponível em: <http://hdl.handle.net/11449/102138>

SANTOS, Edivagner Souza dos. Um long play sobre formação de professores que ensinam matemática. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) – Instituto de Matemática, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2016. Disponível em: http://posgraduacao.ufms.br/portal/trabalho-arquivos/download/2492. Acesso em: 01 dez. 2019.

VENTURIN, Jamur André. A educação matemática no Brasil da perspectiva do discurso de pesquisadores. 2015. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2015. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/134027. Acesso em: 01 dez. 2019.

VIOLA DOS SANTOS, João Ricardo. Legitimidades possíveis para a formação matemática de professores de matemática: (ou: Assim falaram Zaratustras: uma tese para todos e para ninguém). 2012. Tese (Doutorado em Educação Matemática) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2012. Disponível em http://hdl.handle.net/11449/102099. Acesso em: 01 dez. 2019.

VIOLA DOS SANTOS, João Ricardo. Grupo de Trabalho como Espaço Formações (ou: a arte de produzir efeitos sem causa). Perspectivas da Educação Matemática. Campo Grande, v. 11, n. 16, p. 365-391, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/pedmat/issue/view/404. Acesso em: 01 dez. 2019.

Publicado
2021-12-17
Como Citar
PAULO, J. P. A. DE. Formação de Professores e Modelo dos Campos Semânticos: Experiências e Discussões. Perspectivas da Educação Matemática, v. 14, n. 36, p. 1-24, 17 dez. 2021.