O Cenário Brasileiro das Pesquisas sobre Deficiência Intelectual: um Mapeamento a partir dos Encontros Nacionais de Educação Matemática

Palavras-chave: Deficiência Intelectual, Educação Matemática Inclusiva, Mapeamento, Encontro Nacional de Educação Matemática – ENEM

Resumo

Este artigo é resultado de uma pesquisa, cujo objetivo foi mapear investigações em educação matemática envolvendo alunos com deficiência intelectual, publicadas nos anais das treze edições do Encontro Nacional de Educação Matemática (ENEM). Para traçar um perfil do cenário brasileiro, a busca pelos trabalhos ocorreu por meio de consulta nos sites e documentos disponibilizados pela Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM), atendendo o critério de inclusão por meio dos descritores estabelecidos a priori. A partir das análises lendo os textos por completo, observou-se que a educação matemática inclusiva vem ganhando cada vez mais espaço no cenário brasileiro, considerando o aumento das pesquisas concentradas ao longo da última década. Além disso, consolidaram um perfil voltado para a abordagem das práticas pedagógicas, realizadas majoritariamente na rede pública de ensino, contribuindo com propostas metodológicas que consideraram as especificidades dos alunos e as interações sociais entre os participantes.

Biografia do Autor

Elcio Pasolini Milli, Secretaria de Educação do Estado do Espírito Santo - SEDU

Professor da Secretaria de Educação do Estado do Espírito Santo - SEDU-ES. Doutorando em Educação em Ciências e Matemática pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática do Instituto Federal do Espírito Santo – Educimat/Ifes e Mestre em Educação em Ciências e Matemática pela mesma instituição. Especialista em Educação Inclusiva e Diversidade pelo Centro de Estudos Avançados em Pós-Graduação e especialista em Docência do Ensino Superior e Técnico pela rede de Ensino Doctum Vitória. Licenciado em Matemática pela Universidade Federal do Espírito Santo - Ufes; Membro do Grupo de Pesquisa em Educação Matemática Inclusiva - GPEMI, do Grupo de Pesquisa em Educação Matemática e Educação Profissional – EMEP. Membro do Grupo de Trabalho 13 da Sociedade Brasileira de Educação Matemática - GT13 da SBEM: Diferença, Inclusão e Educação Matemática. E-mail: elciomilli@hotmail.com.  ORCID: https://orcid.org/0000-0002-6459-6291.

Ana Julia de Mattos Mota Ramalho, Instituto Federal do Espírito Santo - Ifes

Graduanda no Curso Técnico em Biotecnologia integrado ao Ensino Médio, pelo Instituto Federal do Espírito Santo - Ifes; Bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (Pibic-EM); Membra do Grupo de Pesquisa em Educação Matemática e Educação Profissional (EMEP). E-mail: anajuliademattosmr04@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6675-9421  

Referências

BRASIL. Lei nº 9.394/1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm>. Acesso em: 24 de jun. de 2020.

BRASIL. Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho nomeado pela Portaria n. 555/2007, prorrogada pela Portaria n. 948/2007, entre ao Ministro da Educação em 07 de janeiro de 2008. Brasília: MEC, 2008.

BRASIL. Lei nº. 13146/15. Lei brasileira de inclusão da pessoa com deficiência - Estatuto da Pessoa com Deficiência. Brasília: SEF, 2015.

BRETTAS, Kátia Parreira. O desenvolvimento matemático de alunos com necessidades educativas especiais no contexto sala de aula regular. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, XI, 2013. Anais. Curitiba. Disponível em: <http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/XIENEM/pdf/1997_697_ID.pdf>. Acesso em: 2 de jun. de 2020.

FERNANDES, Solange Hassan Ahmad Ali; HEALY, Lulu. Rumo à educação matemática inclusiva: reflexões sobre a nossa jornada. Revista de Ensino de Ciências e Matemática. Edição Especial: Educação Matemática. São Paulo: Cruzeiro do Sul, 2016, v. 7, n.4, p. 28-48.

FIORENTINI, Dario.; PASSOS, Cármen Lúcia Brancaglion; LIMA, Rosana Catarina Rodrigues de. Mapeamento da pesquisa acadêmica brasileira sobre o professor que ensina matemática: período 2001 - 2012. Campinas: FE/UNICAMP, 2016.

LIMA, Carlos Augusto Rodrigues; FERREIRA, Guilherme Lazarini; MANRIQUE, Ana Lúcia. A percepção dos professores que ensinam matemática na educação básica sobre a inclusão de alunos com deficiência. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, XI ENEM. Curitiba: Anais, 2013.

MILLI, Elcio Pasolini. THIENGO, Edmar Reis. A construção de quipos com um estudante com deficiência intelectual no proeja: desenvolvendo o pensamento aritmético. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, XIII, 2019. Cuiabá: Anais, 2019. Disponível em: <https://www.sbemmatogrosso.com.br/eventos/index.php/enem/2019/paper/view/2908/1070>. Acesso em: 2 de maio de 2021.

LUCKASSON, Ruth; et. al. Mental Retardation – Definition, Classification, and Systems of Supports. 9. ed. Washington (DC). American Association on Mental Retardation, 2021.

NASCIMENTO, Suzi Rosana Maciel Barreto do; SZMANSKI, Maria Lidia Sica. Deficiência mental ou intelectual? Implicações no uso das nomenclaturas. In: Congresso Nacional de Educação, XI CNE. Curitiba: Anais, 2013.

UNESCO. Declaração Mundial sobre Educação para Todos: Plano de ação para satisfazer as necessidades básicas de aprendizagem. Jomtien, 1990.

UNESCO. Declaração de Salamanca: Sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais. Salamanca, 1994.

SBEM. Sociedade Brasileira de Educação Matemática – SBEM. 2020. Disponível em: <http://www.sbembrasil.org.br/sbembrasil/>. Acesso em 13 de jun. de 2020.

SKOVSMOSE, Ole. Inclusões, encontros e cenários. Educação Matemática em Revista. Brasília, v. 24, n. 64, p.16-32, set/dez. 2019.

VIGOTSKI, Lev Semionovich. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VIGOTSKI, Lev Semionovich. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: 2001, p. 103-117.

YOKOYAMA, Leo Akio. Uma abordagem multissensorial para o desenvolvimento do conceito de número em indivíduos com Síndrome de Down. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, XI ENEM, 2013, Curitiba: Anais, 2013. Disponível em:<http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/XIENEM/pdf/1185_178_ID.pdf>. Acesso em: 07 de maio de 2020.

Publicado
2021-12-17
Como Citar
MILLI, E. P.; RAMALHO, A. J. DE M. M. O Cenário Brasileiro das Pesquisas sobre Deficiência Intelectual: um Mapeamento a partir dos Encontros Nacionais de Educação Matemática. Perspectivas da Educação Matemática, v. 14, n. 36, p. 1-20, 17 dez. 2021.