O papel da Língua Portuguesa sob o olhar de Imigrantes alunos do Neppe-UEMS

  • Isabella Saliba Pereira Chilante UEMS
  • João Fábio Sanches Silva UEMS
Palavras-chave: Português, Língua de Acolhimento, Imigrantes

Resumo

Este artigo tem como objetivo fazer reflexões acerca do papel da língua portuguesa através do olhar de imigrantes alunos de um curso de Português como Língua de Acolhimento no âmbito do Núcleo de Ensino e Pesquisa em Português para Estrangeiros da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Neppe-UEMS). A presente pesquisa é de natureza qualitativa e cunho interpretativista-exploratório. Os dados foram coletados por meio de questionário semi-estruturado no primeiro semestre de 2019. Por meio das análises empreendidas foi possível perceber que a língua portuguesa tem uma função que vai além de questões estruturais e de vocabulário. O idioma, para esses imigrantes, representa a possibilidade de se integrar à sociedade brasileira e alcançar melhores condições de vida. Dessa forma, a língua portuguesa se torna uma ferramenta capaz de proporcionar uma acolhida tanto linguística quanto emocional a esse público na nova sociedade.

Referências

ALMEIDA FILHO, J.C.P. O Português como língua não-materna: Concepções e contexto de ensino. Acervo digital do Museu da Língua Portuguesa. 2005.

BARBOSA, L. M. A.; RUANO, B. P. Acolhimento, sentidos e práticas de ensino de português para migrantes e refugiados na Universidade de Brasília e na Universidade Federal do Paraná. In: GEDIEL, J. A. P. & GODOY, G. G. (Orgs.). Refúgio e Hospitalidade. Curitiba – Kairós Edições, pp. 321-336. 2016.

BARBOSA, L. M. A.; SÃO BERNARDO, M. A. Língua de Acolhimento. In: CAVALCANTI, L. [et al.], (org.). Dicionário crítico de migrações internacionais. Brasília: Editora Universidade de Brasília, p. 434-437. 2017.

BORTONI-RICARDO, S. M. O Professor Pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

BRASIL. Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017. Institui a Lei de Migração. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13445.htm. Acesso em 17 out 2019.

BRASIL. Ministério da Justiça. Migrantes, Apátridas e Refugiados: subsídios para o aperfeiçoamento de acesso a serviços, direitos e políticas públicas no Brasil. 169 p. 2015. Disponível em: <http://pensando.mj.gov.br/wp-content/uploads/2015/12/PoD_57_Liliana_web3.pdf> Acesso em: 17 out. 2019.

CAMARGO, H.R.E. Portas Entreabertas do Brasil: narrativas de migrantes de crise sobre políticas públicas de acolhimento. Dossiê Especial: Português como Língua Adicional em contextos de minorias: (co)construindo sentidos a partir das margens BIZON & DINIZ (Orgs.). REVISTA X, Curitiba, volume 13, n. 1, 57 – 86. 2018.

CAVALCANTI, L; OLIVEIRA, T.; MACEDO, M. Migrações e Mercado de Trabalho no Brasil. Relatório Anual 2018. Série Migrações. Observatório das Migrações Internacionais; Ministério do Trabalho/ Conselho Nacional de Imigração e Coordenação Geral de Imigração. Brasília, DF: OBMigra, 2018. Disponível em: <https://portaldeimigracao.mj.gov.br/pt/dados/relatorios-a> Acesso em 17 out. 2019

GROSSO, Maria José (org.). O utilizador elementar no país de acolhimento. In: Português para falantes de outras línguas: O utilizador elementar no país de acolhimento. Lisboa: Ministério da Educação, 2008. Disponível em <http://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Basico/Documentos/portugues_falantes_outras_linguas1.pdf.> Acesso em: 17 out. 2019.

GROSSO, M. J. Língua de acolhimento, língua de integração. Horizontes de Linguística Aplicada, v. 9, n.2, p. 61-77, 2010.

SÃO BERNARDO M. A.; Barbosa, L.M.A. Ensino de Português como Língua de Acolhimento: Experiência em um curso de português para imigrantes e refugiados no Brasil. Fólio – Revista de Letras, Vitória da Conquista, v. 10, n.1, p. 475 – 493, 2018.

SÃO BERNARDO, M. A. Português como língua de acolhimento: um estudo com imigrantes e pessoas em situação de refúgio no Brasil. Tese (Doutorado em Linguística). Universidade Federal de São Carlos. 206 f. São Carlos, 2016.

OLIVEIRA, A. L., FANECA, R. M., & FERREIRA, T. Integrar em língua portuguesa: considerações finais do Projecto ‘Aproximações à Língua Portuguesa: atitudes e discursos de não nativos residentes em Portugal’. In M. H. Ançã, & T. Ferreira (Eds.), Actas do Seminário 'Língua Portuguesa e Integração. Aveiro. 2007. Disponível em: < https://www.om.acm.gov.pt/documents/58428/280091/228523+-+simposio.pdf/0d21b421-3636-4452-ad4c-be3841ed82e3> Acesso em 17 out. 2019

OLIVEIRA, A. M. Processamento da linguagem num contexto migratório e de integração. In: GROSSO, M. J. Educação em Português e Migrações. Lisboa: Lidel, 2010, p. 30-47. Disponível em: <http://repositorio.ipv.pt/bitstream/10400.19/539/3/Processamento%20da%20Linguagem%20num%20Contexto%20Migrat%C3%B3rio%20artigo%20(1).pdf> Acesso em 17 out. 2019

Publicado
2020-03-30
Seção
EDIÇÃO ESPECIAL - II SELLIAQ (SEMINÁRIO NACIONAL DE LÍNGUAS E LINGUAGENS DA UFMS/CPAQ)