A Abordagem Construcionista e o uso de Tecnologias Digitais em Aulas de Matemática: um diálogo sobre pesquisas desenvolvidas no GETECMAT

Suely Scherer

Resumo


Neste artigo se apresenta e dialoga sobre pesquisas de mestrado realizadas no PPGEdumat, no período de 2011 a 2018, na linha de Tecnologias e Educação Matemática, vinculadas ao Grupo de Estudos de Tecnologia e Educação Matemática (GETECMAT). São pesquisas cujas problemáticas são orientadas pelo uso de tecnologias digitais em processos de aprendizagem de conhecimentos matemáticos, e por ações de formação inicial e continuada de professores que ensinam matemática. Nessas pesquisas assume-se uma abordagem construcionista do uso de computadores na educação, ao considerar que a aprendizagem ocorre por processos de construção de conhecimento, em ambientes digitais. O objetivo desse estudo é dialogar sobre as pesquisas realizadas, e refletir sobre o caminho de pesquisa construído pelo grupo de pesquisadores no período mencionado, e sobre desafios da pesquisa nesta linha, discutindo temáticas e problemáticas investigadas e por investigar.

Palavras-chave


Construcionismo. Tecnologias Digitais. Pesquisas. Educação Matemática.

Texto completo:

pdf

Referências


ALMEIDA, Maria Elizabeth Bianconcini Trindade Morato Pinto de. Informática e Educação Diretrizes para uma Formação Reflexiva de Professores. 1996. 194f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1996.

ALMEIDA, M. E. B.; VALENTE, J. A. Tecnologias e currículo: Trajetórias convergentes ou divergentes? São Paulo: Paulus, 2011.

BECKER, Fernando. Ensino e Construção do Conhecimento: o Processo de Abstração Reflexionante. Educação e Realidade. Porto Alegre, v.18, n.01, p. 43 -52, jan./jun.. 1993.

BLAUTH, Ivanete Fátima. Prática de Ensino em um Curso de Licenciatura em Matemática: uma análise sobre conhecimentos tecnológicos e pedagógicos do conteúdo. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2017.

CORAÇA, A. R. O Uso do Computador na Prática Pedagógica de Professores de Matemática que Atuam Como Professores de Tecnologia. 2010. 117 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Campo Grande.

CARVALHO, Sergio Freitas de. Formação continuada em serviço e o uso da lousa digital em aulas de Matemática: ações e reflexões de um grupo de professores. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2014.

CORREA, Daiane dos Santos Pereira. Licenciatura em Matemática à distância e a formação de professores para/com o uso de tecnologias digitais de informação e comunicação. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2012.

FERNANDES, Frederico Fonseca. O uso de tecnologias digitais na modalidade EaD: um estudo sobre cursos de formação inicial de professores de matemática. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2014.

FERNANDES, Frederico Fonseca. Ambiente Virtual e Educação a Distância: espaços e movimentos de aprendizagem em uma disciplina. 2018. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2018. Disponível em: . Acesso em 24 fev 2019.

LOPES,Vanessa Rodrigues. Aprendizagem e um ambiente construcionista: explorando conceitos de Cálculo I em espaços virtuais. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2015.

MIRANDA, Claudia Steffany Da Silva. Integrando jogos virtuais às aulas de Matemática: uma experiência envolvendo o conceito de ângulo. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2012.

OLIVEIRA, Adamo Duarte de. Reconstruindo o conceito de paralelogramo com software Klogo: uma experiência com professores de matemática. 2012. 131f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2012.

OLIVEIRA, Agnaldo de. Formação continuada de professores à distância: Estar Junto Virtual e habitar ambientes virtuais de aprendizagem. 2012. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2012.

OLIVEIRA, Matheus Couto de. Uma prática de avaliação formativa em ambientes virtuais: processos de regulação e autorregulação de aprendizagem em um curso de Matemática a distância. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2016.

PAPERT, Seymor. LOGO: Computadores e Educação. São Paulo: Brasiliense, 1985.

_______. A Máquina das Crianças: repensando a escola na era da informática. Edição Revisada. Porto Alegre: Artmed, 2008.

SCHERER, Suely. Uma Estética Possível para a Educação Bimodal: aprendizagem e comunicação em ambientes presenciais e virtuais. 2005. 240 f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro das Ciências Exatas e Tecnológicas, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2005.

SILVA, Luana Quadrini da. Formação de professores dos anos iniciais para o ensino de geometria plana: uma experiência com o uso do Software Klogo. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2014.

SILVA, L. Q.; SCHERER, S. Professores que Ensinam Matemática nos Anos Iniciais e o Uso do Software Klogo: uma Análise de Estratégias Utilizadas na Construção de Quadrados. In: COLÓQUIO DE HISTÓRIA E TECNOLOGIA NO ENSINO DE MATEMÁTICA, 6., 2013, São Carlos. Anais... São Carlos-SP: UFSCar, 2013.

SILVA, Mirian José da. O uso da Lousa Digital e um estudo sobre a circunferência com alunos do 3º ano do Ensino Médio. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2015.

SOUZA, Fernanda Elisbão Silva de. O uso do laptop no ensino da álgebra: um estudo com professores do 8º ano do ensino fundamental. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2014.

SOUZA, F. E. S; SCHERER, S. Aulas de Matemática e o Uso do Laptop Educacional no Ensino da Álgebra. In: Encontro Nacional de Educação Matemática, 11, 2013, Curitiba. Anais... Curitiba-PR: SBEM, 2013.

SOUZA, Mauro Eduardo de. Professores e o uso do Geogebra: (re) construindo conhecimentos sobre funções. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2016.

VERMIEIRO, Jonas Lobato. Uso de laptops educacionais nas aulas de Matemática em Escolas Públicas de Mato Grosso do Sul. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2014.

VALENTE, José Armando. Informática na Educação: instrucionismo x construcionismo. 1997. Disponível em: < http://www.divertire.com.br/educacional/artigos/7.htm>. Acesso em: 28 jul. 2011.

_______. Pesquisa, comunicação e aprendizagem com o computador. Série "Pedagogia de Projetos e Integração de Mídias" - Programa Salto para o Futuro, setembro, 2003. Disponível em . Acesso em: 28 jul. 2018.

__________. A Espiral da Espiral de Aprendizagem: o processo de compreensão do papel das tecnologias de informação e comunicação na educação. Campinas: 2005. Tese (Livre Docência) - Instituto de Artes, Universidade Estadual de Campinas, 2005.

VALSINER, J.. Fundamentos da Psicologia Cultural: mundos da mente mundos da vida. Porto Alegre: Artmed, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License

INDEXADORES

      Resultado de imagem para latindex indexador