O verdadeiro casamento rodriguiano

apontamentos sobre amor e desejo no romance O casamento (1966) de Nelson Rodrigues

  • Lays da Cruz Capelozi Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Nelson Rodrigues, O Casamento, desejo feminino, figura paterna

Resumo

O presente artigo apresenta uma reflexão sobre do romance de Nelson Rodrigues O Casamento, publicado em 1966. Em primeiro lugar, discutimos qual a concepção de casamento que o autor possui. Para assim analisar os personagens e suas tramas, bem como a estrutura familiar apresentada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lays da Cruz Capelozi, Universidade Federal de Uberlândia
Doutoranda em História pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Pela mesma instituição, concluiu o Mestrado em História e o Curso de Graduação em História - Bacharelado e Licenciatura - . É membro do NEHAC - Núcleo de Estudos em História Social da Arte e da Cultura.

Referências

CÂNDIDO, Antonio. Literatura e sociedade: estudos de teoria e história literária. São Paulo: Nacional, 1985.

CASTRO, Ruy. O anjo pornográfico: a vida de Nelson Rodrigues. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

DUMOND, Eugênio. O jogo irônico no romance O Casamento, de Nelson Rodrigues. Revista do CESP, São Paulo, v. 24, n. 33, 2004

FREUD, Sigmund. O Mal-estar na civilização. São Paulo: Cia. das letras, 2015. p. 23.

GUINSBURG, J. Nelson Rodrigues, um folhetim de melodramas. Revista de Literatura Brasileira, Florianópolis, n. 28, 1994.

RODRIGUES, Nelson. O Casamento. São Paulo: Record. 1989

RODRIGUES, Nelson. O remador de Ben Hur: confissões culturais. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

ROSSIAUD, Jacques. A prostituição na Idade Média. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

Publicado
2020-01-11
Como Citar
Capelozi, L. da C. (2020). O verdadeiro casamento rodriguiano. Albuquerque: Revista De história, 11(21), 58-76. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/AlbRHis/article/view/8939