O Movimento da Matemática Moderna no litoral paranaense: Trajetória do professor participante

  • Ligiane de Oliveira Simões Aluna da Universidade Estadual do Paraná - campus Paranaguá
  • Liceia Alves Pires Professora da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) – campus Paranaguá
  • Mariliza Simonete Portela Professora da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) – campus Paranaguá

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar o resultado de uma investigação de caráter historiográfico na área de História da Educação Matemática sobre o processo de introdução do Movimento da Matemática Moderna no Litoral do Paraná. O estudo é decorrente da participação no Grupo de Pesquisa em História da Educação Matemática (GPHEM) realizado na Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) – Campus Paranaguá, no ano de 2018. A região de análise permeia uma escola do Litoral do Paraná, mais especificamente, da Cidade de Antonina, a partir de uma entrevista feita com o professor José Augusto Mendes, um dos primeiros a incorporar tal movimento na educação da Cidade. Essa análise de seu relato busca compreender a linha histórica que percorre a inserção da matemática moderna na cidade e como se deu a formação do professor participante desse movimento nesta região

Biografia do Autor

Ligiane de Oliveira Simões, Aluna da Universidade Estadual do Paraná - campus Paranaguá
Licenciatura Matemática
Liceia Alves Pires, Professora da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) – campus Paranaguá
Doutoranda em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná.
Mariliza Simonete Portela, Professora da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) – campus Paranaguá
Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná na Linha de Pesquisa Historia e Politicas da Educação.
Publicado
2019-04-30
Seção
Sessões Coordenadas