Download da Política Editorial

POLÍTICA EDITORIAL

A InterMeio é um dos primeiros periódicos publicados pela UFMS (1995), vinculado ao, também, primeiro Programa de Pós-graduação do Estado de Mato Grosso do Sul. Neste contexto, torna-se o principal meio de divulgação científica na grande área de Educação. 

A política do periódico está fundada nos valores de liberdade de criação e de pensamento; democratização do conhecimento; trabalho em grupo; diálogo interdisciplinar; ética e moral nas formas de conceber o trabalho intelectual. 

A continuação apresenta-se a serie de elementos que dão suporte tecnológico, operativo e científico a esta publicação. 

 

SUBMISSÕES ONLINE

A submissão à InterMeio faz-se por meio do site on-line: https://periodicos.ufms.br/index.php/intm/about/submissions. O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de manuscritos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. 

 

DIRETRIZES PARA AUTORES

Os manuscritos submetidos à InterMeio (QUALIS CAPES 2019 B2) serão encaminhados a pareceristas ad hoc, com título de doutor, que avaliarão a relevância do tema abordado para a área da Educação; a organização da estrutura do texto e das referências bibliográficas; a produção textual fluente, coesa e adequada à escrita acadêmica; além de questões gerais relacionadas ao objeto de estudo e às apropriações teóricas e metodológicas presente no artigo.

A editoria monitora e realiza avaliação prévia dos manuscritos submetidos, quanto ao atendimento aos quesitos formais dos artigos e aos regramentos exigidos aos autores. 

 

REGRAS PARA OS AUTORES DOS MANUSCRITOS

I - Os manuscritos podem ser compostos por até três (3) autores, atendendo aos seguintes elementos: a) Para o caso de autoria individual, o autor deve ter exclusivamente o título de doutor; b) Em caso de co-autoria, um dos autores poderá estar na condição de acadêmica(o) do Curso de Doutorado, sendo os demais, obrigatoriamente doutores. A InterMeio não aceita manuscritos de mestres e graduados.   

II - Todos os autores devem possuir cadastro no ORCID (https://orcid.org/).

III - Os autores devem preencher e informar todos os metadados na plataforma OJS da revista, como formação, escolaridade, instituição, ORCID, link do currículo (Lattes para autores brasileiros), número e e-mail de contatos do autor principal, entre outros dados. 

IV - Desde 1º de agosto de 2021, recomenda-se em função da política de internacionalização, que os manuscritos (de autores brasileiros) submetidos à revista – para compor os Dossiês Temáticos e/ou seção de demanda contínua –se aprovados, sejam vertidos para uma língua estrangeira, podendo ser em inglês, espanhol, francês ou italiano. A responsabilidade e os custos com a tradução e a sua respectiva revisão deverão ser assumidos pelo(s) autor(es) do manuscrito. A InterMeio publicará as duas versões do texto (em português e na língua estrangeira escolhida pelo autor). No texto traduzido, deverão constar os créditos do responsável pela tradução (nome e endereço eletrônico) obrigatoriamente.

V - Os autores deverão respeitar o prazo de interstício de 18 meses de publicação de seus manuscritos na InterMeio.  

VI- Só poderá ser aceito um manuscrito por autor no interstício de 18 meses. 

VII- Todos os autores são iguais em termos de aporte e importância para o conhecimento aportado. Para a InterMeio a ordem de aparição dos autores não indica de forma nenhuma, menosprezo sobre a importância no manuscrito publicado, mas, respeitará a ordem preenchida pelo autor na submissão.

 

REGRAS PARA A ESCRITA DOS MANUSCRITOS

Os manuscritos devem seguir, obrigatoriamente, os aspectos formais listados abaixo:

I – Estar de acordo com o Foco e Escopo da revista 

II – Atender a todas as diretrizes estipuladas quanto à natureza do manuscrito;

III – Atender às exigências fixadas para o perfil e condições para os autores;

IV – Os autores deverão respeitar o prazo de interstício de 18 meses de publicação de seus manuscritos.

V – O manuscrito não poderá exceder 20 (vinte) páginas, contemplando imagens, tabelas e referências bibliográficas;

VI – O resumo deve ter até 230 (duzentas e trinta) palavras e apresentado na nas línguas portuguesa e inglesa, e se for o caso também em língua específica (espanhol, francês ou italiano);

VII – Ter até 05 (cinco) Palavras-chave nas línguas portuguesa e inglesa, e se for o caso também em língua específica;

VIII – Estar em arquivo de texto em formato “doc”, com letras Times New Roman, tamanho 12, espaço 1,5, papel A4, margens de 2,5cm e numeração no canto inferior direito;

IX – Ter identificação no alto da página, em negrito, do título do artigo em língua portuguesa e inglesa, e se for o caso também em língua específica. Em caso de financiamento da pesquisa, a instituição financiadora deverá ser mencionada em nota de rodapé;

X - A InterMeio adota procedimentos que evitam conflitos de interesses durante as etapas de avaliação dos artigos submetidos. Para evitar a identificação do autor, não fazer qualquer referência explícita da autoria no corpo do texto, rodapé ou citações. Recomenda-se o uso do formato "XXX" em substituição ao nome do autor e ao título da obra. No caso de aprovação para sua publicação, a equipe editorial entrará em contato para recuperar as informações em anonimato.

XI - As notas de rodapé deverão ser utilizadas para esclarecimentos absolutamente necessários. Não é permitido o uso de notas bibliográficas, devendo-se identificar as referências no corpo do manuscrito, por exemplo: (SOBRENOME, ano, página).

XII - Imagens e tabelas (300 DPIs) deverão ser enviados no corpo do texto. Na parte superior deve-se indicar número e título (Ex.: Figura 1 - Quadro de Políticas Educacionais). Na parte inferior deve-se informar a origem (Ex.: Fonte: Acervo Museu Afro Brasil) e, se for o caso, textos explicativos de no máximo 03 (três) linhas.

XIII – As referências bibliográficas devem seguir as normas atuais da ABNT, observando-se que, além do sobrenome, o nome do/a autor/a o deve comparecer por extenso. O destaque do título das obras e documentos deve ser em itálico, conforme os seguintes exemplos:

SOBRENOME, Nome. Título: subtítulo. 2. ed.(Edição). Cidade: Editora, ano. (Nome da Coleção – caso haja).

SOBRENOME, Nome. Título do Capítulo. In: SOBRENOME, Nome. Título do Livro: subtítulo. Cidade: Editora, ano. p. (páginas: inicial-final).

SOBRENOME, Nome. Título do Livro: subtítulo. Cidade: Editora, ano.

SOBRENOME, Nome. Título do artigo. Nome do Periódico, Cidade, v. (volume), n. (número), p. (páginas: inicial-final), ano.

SOBRENOME, Nome. Título: subtítulo. Cidade, ano. Disponível em: endereço eletrônico completo. Acesso em: 15 fev. 2021.

SOBRENOME, Nome. Título: subtítulo. Tese ou Dissertação em (Área do Programa) — Instituição, Cidade, ano.

Artigos que não estejam em língua portuguesa podem seguir o padrão APA. Também recomendamos a inclusão do nome e sobrenome completo dos autores

 

FOCO E ESCOPO

InterMeio, é um periódico eletrônico de acesso aberto, tem a missão de publicar semestralmente - artigos originais oriundos de pesquisa na área educacional, assim como ensaios, resenhas e traduções de amplo interesse acadêmico. Tem como propósito abordar questões atuais e significativas para a compreensão dos fenômenos educativos, e aceita manuscritos diretamente relacionados à área de Educação, com os seguintes pré-requisitos:

I - Devem ser inéditos, que não tenham sido publicados em outros periódicos ou anais de eventos.

II - Devem ser redigidos em uma destas línguas: português, inglês, espanhol, francês ou italiano.

III - Devem ser compostos por até três (3) autores:

  1. a) Para o caso de autoria individual, o autor deve ter exclusivamente o título de Doutor.
  2. b) Em caso de coautoria, um (1) dos autores poderá estar na condição de acadêmica(o) do Curso de Doutorado, sendo os demais, obrigatoriamente doutores.
  3. c) Artigos de graduados e mestres não são aceitos.

IV - Devem conter resultados de investigação na área da Educação, registrando imprescindivelmente objetivos, procedimentos e análises, distanciado de mero relato de experiências ou revisão bibliográfica.

V - Devem seguir os aspectos formais indicados nas Diretrizes aos Autores.

  1. Na ocasião da submissão os artigos não podem conter identificação com os nomes dos autores no texto original. Os(as) autores(as) do manuscrito indicam seus nomes completos no campo estabelecido no sistema de submissão, sendo obrigatório também informar o nível de escolaridade, o ORCID, a filiação institucional, o link do currículo (lattes para autores brasileiros) e o resumo da biografia.     

VII. Opiniões e perspectivas expressas no texto, assim como a precisão e a procedência das citações são de responsabilidade exclusiva do autor.

VIII. Desde 1º de agosto de 2021, recomenda-se em função da política de internacionalização, que os artigos (de autores brasileiros) submetidos à revista – para composição dos Dossiês Temáticos e/ou seção de demanda contínua - se aprovados, sejam vertidos para uma língua estrangeira (podendo ser em inglês, espanhol, francês ou italiano). A responsabilidade e os custos com a tradução e a sua respectiva revisão deverão ser assumidos pelo(s) autor(es) do artigo. A InterMeio publicará as duas versões do texto (em português e na língua estrangeira escolhida pelo autor). No texto traduzido, deverão constar os créditos do responsável pela tradução (nome e endereço eletrônico).

  1. Em caso de aprovação, o manuscrito será submetido à revisão de linguagem e normalização bibliográfica, cuja responsabilidade será exclusivamente do(a) autor(a). Será necessário apresentar a comprovação do trabalho realizado por este profissional. A InterMeio poderá sugerir profissionais cadastrados(as) que realizam o trabalho de revisão e normalização, caso necessário. Casos excepcionais serão avaliados pela comissão editorial.
  2. Não serão aceitas propostas submetidas simultaneamente a outro periódico nacional ou internacional.

Os manuscritos que estiverem fora das exigências editoriais da Revista são devolvidos aos autores(as). Encontram-se nesse conjunto textos que não tratem de uma problemática central da área educacional; não apresentem contribuições significativas para a análise da temática abordada. E no tocante aos artigos, serão rejeitados, também, os manuscritos que: sejam meramente descritivos, sem desenvolver uma análise teórica e metodológica da questão abordada; sejam relatos de experiência ou fragmentos de trabalhos de dissertações e teses; não apresentem elementos empíricos ou argumentações suficientemente desenvolvidas que fundamentem as suas análises e conclusões.

A Comissão Editorial pode definir pela publicação de artigo, documento ou entrevista por encomenda, com o propósito de colaborar com algum debate mais premente da área. Esse artigo ou documento será objeto de avaliação apenas pela Comissão Editorial.

 

PROCESSO E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PELOS PARES

Os manuscritos recebidos serão encaminhados para dois pareceristas ad hoc, com título de doutor, nacionais ou internacionais com produção reconhecida na área de avaliação. O anonimato dos autores e pareceristas serão preservados durante todo o processo de comunicação no Sistema Eletrônico de Revistas. Os aspectos que orientam a avaliação dos originais encaminhados aos pares para a análise são: a organização da estrutura do texto, o domínio da literatura científica; a produção textual fluente, coesa e adequada à escrita acadêmica; além de questões gerais relacionadas ao objeto de estudo e às apropriações teóricas e metodológicas presentes no artigo.

O parecer constitui-se em um breve texto com considerações a respeito da submissão, sendo registrado no sistema. O parecer final deve ser: a) Aceito; b) Correções obrigatórias; c) Submeter novamente para avaliação; d) Enviar para outra revista; e) Rejeitar; f) Ver comentários. Caso ocorram pareceres divergentes, o artigo será enviado para um terceiro consultor.

A revista publica anualmente os nomes de seu corpo de pareceristas ad hoc.

 

POLÍTICA DE ÉTICA EDITORIAL

A InterMeio possui compromisso com o cumprimento de questões éticas relacionadas aos documentos publicados e ao seu processo de avaliação, que incide na gestão dos manuscritos, por envolver editores, pareceristas e autores. Nesse sentido, suporta práticas de respeito à conduta ética, seguindo as recomendações do Comitê de Ética em Publicações (Committee on Publication Ethics - COPE), encontradas em http://publicationethics.org/resources/guidelines

É objetivo do periódico promover a ampliação das práticas de ciência aberta, cabendo aos autores em seus manuscritos a explicitação das fontes, dos métodos e tratamento analítico empregados na produção dos resultados obtidos. Dessa forma, mantem permanente interlocução com seus autores, pareceristas e leitores em resposta às necessidades de revisões e/ou esclarecimentos.

Os editores estão atentos, orientados às intervenções necessária para a recondução do processo editorial, caso seja manifesto conflito de interesses por pareceristas ou pela própria equipe editorial.

A deliberação pela publicação ou não de um artigo incursiona por sustentação em princípios de ética na pesquisa e na divulgação de informações, atendendo a legislação vigente e as boas condutas na cultura acadêmica.

As identidades de autores e pareceristas se manterão, sob sigilo, durante o processo editorial e após sua finalização.

Os textos publicados são de inteira responsabilidade dos autores.

A InterMeio resguarda seu processo editorial de interesses comerciais ou financeiros.

As decisões e procedimentos éticos baseiam-se nos seguintes documentos:

- Resolução CNS nº 466/2012 (Ética na Pesquisa com seres humanos);

- Resolução CNS nº 510/2016 (Ética na Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais);

- Manual da APA (Editora Penso, 2012);

- Documento do CNPq – Ética e integridade na prática científica (http://www.memoria.cnpq.br/normas/lei_po_085_11.htm).

- Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Relatório da Comissão de Integridade de Pesquisa do CNPq: http://www.cnpq.br/web/guest/diretrizes]

- Documento Ética e Pesquisa em Educação - v. 1 e 2 (Anped). (http://www.anped.org.br/news/comissao-da-anped-apresenta-documento-etica-e-pesquisa-em-educacao-subsidios)

- “Principles of Transparency and Good Practice in Academic Publications” recommended by the Committee on Publication Ethics (COPE): www.publicationethics.org

- CSE’s White Paper on Promoting Integrity in Scientific Journal Publications [COUNCIL OF SCIENCE EDITORS: https://www.councilscienceeditors.org/resource-library/editorial-policies/white-paper-on-publication-ethics/; ABEC BRASIL. Diretrizes do CSE para promover integridade em publicações de periódicos científicos, 2012: https://www.abecbrasil.org.br/arquivos/whitepaper_CSE.pdf

- DECLARATION ON RESEARCH ASSESSMENT (DORA). San Francisco: https://sfdora.org/read/.

- Guia de Boas Práticas para o Fortalecimento da Ética na Publicação Cientifica: https://wp.scielo.org/wp-content/uploads/Guia-de-Boas-Praticas-para-o-Fortalecimento-da-Etica-na-Publicacao-Cientifica.pdf.

 

TAXAS PARA SUBMISSÃO E PUBLICAÇÃO

A InterMeio não cobra quaisquer taxas por textos submetidos para avaliação de seus pareceristas, assim como não realiza qualquer cobrança relativa ao processo de publicação (revisão, diagramação, impressão e distribuição). Por se tratar de um periódico de acesso livre, não é cobrada, também, qualquer taxa para acesso ou download.

 

POLÍTICA DE SEÇÃO

ARTIGOS 

ENSAIOS

RESENHAS

TRADUÇÕES

 

CONSELHO EXECUTIVO

Profa. Dra. Fabiany de Cássia Tavares Silva - UFMS

Profa. Dra. Margarita Victoria Rodriguéz - UFMS

Profa. Dra. Jacira Helena do Valle Pereira Assis - UFMS

Prof. Dr. Antônio Carlos do Nascimento Osório - UFMS

Profa. Dra. Carina Elisabeth Maciel - UFMS

Profa. Dra. Sonia da Cunha Urt - UFMS

 

CONSELHO CIENTÍFICO NACIONAL

Profa. Dra. Alda Junqueira Marin - PUC/SP

Prof. Dr. Antônio Carlos Amorim – UNICAMP

Prof. Dr. Genylton Odilon Rego da Rocha - UFPA

Profa. Dra. Geovana Lunardi Mendes – UDESC

Profa. Dra. Gizele de Souza – UFPR

Profa. Dra. Laura Cristina Vieira Pizzi – UFPel

Prof. Dr. Marcus Taborda de Oliveira – UFMG

Profa. Dra. Maria Vieira Silva – UFU

Profa. Dra. Maurinice Evaristo Wenceslau - UFMS (FADIR)

Profa. Dra. Márcia Denise Pletsch – UFRRJ

Prof. Dr. Miguel Chacon - UNESP Marília

Profa. Dra. Regina Tereza Cestari de Oliveira – UCDB

Prof. Dr. Ronaldo Marcos de Lima Araújo – UFPA

Profa. Dra. Soraia Napoleão Freitas – UFSM

Profa. Dra. Vera Maria Vidal Peroni – UFRGS

Profa. Dra. Yoshie Leite Ussami Ferrari - UNESP/Presidente Prudente


CONSELHO CIENTÍFICO INTERNACIONAL

Profa. Dra. Francesca Davida Pizzigoni Istituto Nazionale Documentazione, Innovazione, Ricerca Educativa (INDIRE), Torino, Itália – IT

Prof. Dr. Freddy Marin - Universidade de la Costa, Colômbia

Prof. Dr. Jaime Caiceo Escudero Universidad Santiago de Chile, Santiago, Chile

Prof. Dr. José Carlos Morgado Instituto de Educação Universidade do Minho. Braga, Portugal

Profa. Dra. Lidia Govea de Bustamante - Universidade Politécnica do Litoral, Guayaquil, Equador

Profa. Dra. Mahly Martinez - Universidade Nacional de Educação, Cuenca, Equador

Profa. Dra. Mariëtte de Haan Utrecht University - Faculty of Social Sciences Langeveld - Institute for the Study of Education and Development in Childhood and Adolescence Heidelberglaan 1 Netherlands. Holanda

Prof. Dr. Miguel A. Pereyra - Universidad Granada, Espanha

Profa. Dra. Natércia Alves Pacheco Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação - Universidade do Porto. Porto, Portugal.

Profa. Dra. Pilar Lacasa Universidad de Alcalá de Henares - UAH - Facultad de Documentación, Aulario Maria de Guzmán. Madrid, Espanha

 

Attribution-NonCommercial 4.0 International

This license requires that reusers give credit to the creator. It allows reusers to distribute, remix, adapt, and build upon the material in any medium or format, for noncommercial purposes only.