A docência na Educação Infantil: entre o dom e a maternidade

  • Milena Aragão Psicóloga, Especialista em Gestão de Pessoas, Mestranda em Educação pela Universidade de Caxias do Sul/RS. Linha de Pesquisa: História da Educação
  • Lúcio Kreutz

Resumo

O presente estudo investigou as representações sobre a função docente, presentes na fala de professoras atuantes na educação infantil, bem como suas decorrências na prática pedagógica. Para atingir o objetivo proposto, foi realizado um grupo de discussão com 08 professoras de educação infantil de uma escola de Caxias do Sul/RS, em torno da seguinte questão: “o que é ser professora para você”. Os resultados apontaram forte interposição entre os papéis materno e docente, denunciando inter-relação entre discursos históricos e contemporâneos. Como discussão, abordou-se os impactos negativos desta interposição na prática pedagógica. A conclusão enalteceu a responsabilidade dos cursos de formação neste processo e a importância da professora tornarse ciente sobre si e sua historicidade. Possíveis caminhos para lidar com esta realidade também foram elencados.

Biografia do Autor

Lúcio Kreutz

Professor Doutor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Caxias do Sul/RS. Departamento de História e Filosofia da Educação

Publicado
2016-11-04