Apontamentos sobre o cenário atual de exigibilidade do Plano Municipal de Educação

Milene Dias Amorim

Resumo


Objetiva-se, nesse estudo discutir o espaço ocupado pelo plano municipal de educação nas agendas nacionais e apreender como os dispositivos Legais de sua exigibilidade têm surtido efeitos no âmbito educacional municipal. Atualmente, esse plano tem se constituído, perante as instâncias da área, como instrumento de efetivação da educação municipal pautada na qualidade social, principalmente por privilegiar a construção de um ensino contextualizado e atacar as descontinuidades das ações governamentais. Para tanto, trabalhou-se com análise bibliográfica, baseando-se teoricamente em autores como Saviani (1999 e 1998) e Bordignon (2009); e com análise documental que envolve instrumentos Legais; recorreu-se, também, a publicações realizadas por uma Organização Não Governamental e a dados estatísticos do MEC e IBGE. Constatou-se que, mesmo com o expressivo movimento, a partir de 2001, com o PNE, concernente à estruturação da cultura de planificação nos municípios por meio dos planos de educação, houve reações adversas por parte dos munícipes. Os dados estatísticos evidenciam que a morosidade em atender a esse movimento foi superada somente após a implantação do PNE/2014, porém, atualmente, tais números ainda não chegam aos dígitos totalizantes de estados e municípios brasileiros existentes, demonstrando um grande desafio ao novo PNE.


Palavras-chave


Planejamento. Plano de Educação. Plano Municipal de Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


AÇÃO EDUCATIVA. A construção e a revisão participativa de Planos de Educação. 1. ed. São Paulo: Ação Educativa, 2013.

AZEVEDO, F. (org.). A reconstrução educacional no Brasil: ao povo e ao governo. Manifesto dos pioneiros da educação nova. São Paulo: Nacional, 1932.

BORDIGNON, G. Gestão da educação no município: sistema, conselho e plano. São Paulo: Editora e livraria Paulo Freire, 2009.

BRASIL. Congresso Nacional. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

_______. Lei n° 9.394, de 20/12/1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), publicada no DOU. Brasília, DF: Senado Federal, 1996.

_______. Lei n°. 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providencias, publicada no DOU. Brasília, DF: Senado Federal, 2001.

_______. Decreto n° 6.094, de 24 de abril de 2007. Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. Brasília, DF, 2007a.

_______. PDE. O Plano de Desenvolvimento da Educação: razões, princípios e programas. Brasília: MEC, 2007b.

_______. Lei n°. 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providencias, publicada no DOU. Brasília, DF: Senado Federal, 2014.

DE OLHO NOS PLANOS. Planos de Educação: situação atual. Disponível em: http://www.deolhonosplanos.org.br/planos-de-educacao/ Acesso em: 02 nov. 2016.

GADOTTI, M. Convocados, uma vez mais: ruptura, continuidade e desafios do PDE. São Paulo: Instituto Paulo Freire, 2008.

HORTA, J. S. B. Liberalismo, Tecnocracia e Planejamento educacional no Brasil: uma contribuição à história da educação brasileira no período 1930-1970. São Paulo: ed. Cortez/Autores Associados: 1982

IANNI, O. Estado e planejamento econômico no Brasil (1930-1970). Rio de Janeiro: ed. Civilização Brasileira S.A, 1971.

IBGE. Perfil dos estados e dos municípios brasileiros: 2014. Rio de Janeiro: Coordenação de População e Indicadores Sociais/IBGE, 2015. 126p.

MEC. Aumenta o controle social dos municípios. 09/01/2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/busca-geral/211-noticias/218175739/9745-sp-1758136341. Acesso em: 15 jul. 2016a.

____. Situação dos Planos de Educação. Acesso em: 15 set. 2016b. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/planos-de-educacao/situacao-dos-planos-de-educacao

MENDES, D. T. O planejamento educacional no Brasil. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2000.

MORDUCHOWIEZ, A; ARANGO, A. O desenho institucional e articulação do federalismo educativo: experiências internacionais. In: OLIVEIRA, R. P.; SANTANA, W. (Orgs.). Educação e Federalismo no Brasil: combater as desigualdades, garantir a diversidade. Brasília: UNESCO, 2010.

OLIVEIRA, J. A. P. de. Desafios do planejamento em políticas públicas: diferentes visões e práticas. Revista de Administração Pública. Rio de Janeiro. Mar./Abr. 2006.

OLIVEIRA, R. P. de; SOUSA, S. Z. O federalismo e sua relação com a educação no Brasil. In: OLIVEIRA, R. P.; SANTANA, W. (Orgs.). Educação e Federalismo no Brasil: combater as desigualdades, garantir a diversidade. Brasília: UNESCO, 2010, p.13 - 35.

PINTO, J.M.R. Federalismo, descentralização e planejamento da educação: desafios aos municípios. Cadernos de Pesquisa. v.44 n.153 p.624-644 jul./set. 2014.

SAVIANI, D. Sistemas de ensino e planos de educação: o âmbito dos municípios. Educação & Sociedade. ano XX, nº 69, Dezembro/99.

___________. Da nova LDB ao novo Plano Nacional de Educação: Por uma outra política educacional. Campinas: Autores Associados, 1998.

SCAFF, E. A. da S. Planejamento da educação e cooperação internacional: uma análise dos programas Monhangara e Fundescola. Tese (doutorado em educação). São Paulo: USP, 2007a.

_________. Cooperação internacional para o planejamento da educação brasileira: aspectos teóricos e históricos. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Brasília, v. 88, n. 219, p. 225-226, maio/ago. 2007b.

SOUZA, D. B. de; ALCÂNTARA, A.B. (Des)vinculações de Planos Municipais de Educação metropolitanos com outros instrumentos de gestão local da educação. Educação e Pesquisa, São Paulo, abr. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/S1517-9702201604144540.

VALENTE, I.; ROMANO, R. PNE: Plano Nacional de Educação ou carta de intenção?. Educação & Sociedade, Set. 2002, vol.23, no.80, p.96-107. ISSN 0101-7330.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 ISSN: 2358-1840

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported .