DA RACIONALIDADE TÉCNICA À RACIONALIDADE CRÍTICA: FORMAÇÃO DOCENTE E TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

  • Júlio Emílio Diniz-Pereira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Brasil

Resumo

O propósito deste artigo é apresentar, de uma maneira breve e sucinta, diferentes paradigmas da formação de professores que, de um lado, estão baseados no modelo da racionalidade técnica e, de outro, no modelo da racionalidade prática ou no modelo da racionalidade crítica. Tais modelos e paradigmas têm orientado práticas e políticas de formação docente no Brasil e em vários outros países do mundo.
Publicado
2014-06-12
Seção
Artigos