Educação Especial na Primeira Infância: a Perspectiva dos Professores Sobre a Inclusão de Crianças Surdas

Karina Courel Maurício, Gabriely Cabestré Amorim

Resumo


A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva tem como objetivo o acesso, a participação e a aprendizagem dos alunos com deficiência nas escolas regulares, a Educação Inclusiva, é aquela que agrega os sujeitos respeitando suas diferenças, culturas e historicidade. A Educação Especial sendo uma modalidade que perpassa todos os níveis e etapas, também está presente na Educação Infantil, que atende a Primeira Infância. Este estudo teve como objetivo investigar a perspectiva de professores quanto ao atendimento oferecido aos bebês e crianças Surdas nos Centros de Educação Infantil - CEIs. Para isto foi elaborado e aplicado um questionário sobre a temática a 30 professores, funcionários de CEIs da rede Municipal da Prefeitura de São Paulo, sendo as 30, mulheres, com idades entre 21 e 50 anos, da região do Butantã. Os resultados desta pesquisa mostraram a opinião e a preocupação desses professores em relação à Educação Inclusiva, a importância de sua participação na construção de uma educação de qualidade, e sua insegurança quanto a sua formação para uma atuação que  otimize as potencialidades de todos os sujeitos. 


Palavras-chave


Educação Especial. Inclusão. Infância. Surdez. Formação de professores.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 ISSN: 2358-1840

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported .