AUTONOMIA INDIVIDUAL, POLÍTICA, EDUCAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO DA SOCIEDADE: CONSIDERAÇÕES ONTOLÓGICAS A PARTIR DOS CONCEITOS DE IMAGINAÇÃO E IMAGINÁRIO RADICAL INSTITUINTE NA OBRA DE CORNELIUS CASTORIADIS

  • Ronaldo Maciel Pavão
  • David Victor-Emmanuel Tauro

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar a relação entre autonomia individual e autonomia política
(coletiva) para a transformação da sociedade a partir dos conceitos de imaginação e imaginário radical na
obra do pensador grego Cornelius Castoriadis (1922-1997). Da mesma forma, verificaremos a relação entre
simbólico, imaginação e imaginário radical instituinte como elementos fundamentais para uma transformação
qualitativamente revolucionária do indivíduo, de sua psique e da sociedade. Nesse processo, também
investigar-se-á a contribuição da psicanálise como parte de um projeto político de autonomia considerando-se
a inter-relação dessas duas áreas de conhecimento para o desenvolvimento do indivíduo socializado e da vida
em coletividade. Após apresentar os conceitos de imaginação, imaginário radical instituinte e a contribuição
da psicanálise para a construção de um projeto de autonomia individual e política, também trataremos da
contribuição da educação para a transformação da criança em anthropos, em um cidadão no sentido clássico
do termo, a partir deste referencial teórico.

Publicado
2021-07-19