A homofobia familiar disfarçada de cuidado

Resumo

O presente estudo trata-se de uma revisão integrativa da literatura brasileira, cuja finalidade consistiu em levantar informações e reflexões acerca da homofobia vivenciada por pessoas homossexuais no seio familiar. O levantamento dos dados ocorrera durante os meses de setembro e outubro de 2020, nas bases de dados: Google Acadêmico, Pepsic, biblioteca eletrônica Scielo e Banco de dados de teses e dissertações CAPES. Foram selecionados 17 estudos, dos quais foram extraídos dois eixos temáticos: A família de origem como provedora de violência; e a homofobia disfarçada de cuidado. Constatou-se que apesar de haver uma quantidade relevante de discussões acerca da homofobia, ainda é escassa os estudos que envolvem a homofobia familiar. Conclui-se que os homossexuais são violentados em todos os lugares. Nota-se que é de suma importância levar as discussões a respeito do tema para além do campo acadêmico, de modo a democratizar o conhecimento e assim tentar trazer para a consciência das pessoas o quão violento são as normas sociais para pessoas homossexuais, na tentativa de romper com as práticas violentas impostas pelas normas sociais.

Biografia do Autor

Gilson Gomes Coelho, Faculdade Católica Dom Orione

Doutorando em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP/ Assis) em que é membro do grupo de pesquisa PsiCUqueer - Coletivos, Psicologias e Culturas Queer. Mestre em Psicologia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Psicólogo pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS/ CPAN). Professor da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO).

João Henrique Oliveira Barros, Faculdade Católica Dom Orione, Araguaína, TO, Brasil

Graduando em Psicologia na Faculdade Católica Dom Orione (FACDO), Tocantins/ Brasil.

Referências

BORGES, Zulmira Newlands; PERURENA, Fátima Cristina Vieira; PASSAMANI, Guilherme Rodrigues; BULSING, Muriel Bulsing. Patriarcado, heteronormatividade e misoginia em debate: pontos e contrapontos para o combate à homofobia nas escolas. Latitude, v. 7, n. 1, 2013. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/latitude/article/view/1065/0. Acesso em: 09 set. 2020.

BORRILLO, Daniel. Homofobia: história e crítica de um preconceito. Belo Horizonte: Autentica Editora, 2010.

BRAGA, Iara Falleiros; OLIVEIRA, Wanderlei Abadio de; SILVA, Jorge Luiz da.; MELLO, Flávia Carvalho Malta de.; SILVA, Marta Angélica Iossi. Violência familiar contra adolescentes e jovens gays e lésbicas: um estudo qualitativo. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 71, p. 1295-1303, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672018000901220&script=sci_arttext&tlng=pt. Acesso em: 02 set. 2020.

BRITO, Thais Hesper Silva. Uma análise sobre as formas de violência familiar contra pessoas LGBTQI+. (Trabalho de Conclusão de Curso). Universidade Católica do Salvador, BA, Brasil, 2019.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira. 2003.

BUTLER, Judith. Corpos que importam: os limites discursivos do “sexo”. São Paulo: n-1 edições, 2019.

CANCISSU, Cynthia Regina Pemberton. Lésbicas, família de origem e família escolhida: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, SP, Brasil, 2007.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Código de Ética Profissional do Psicólogo. Brasília, 2005.

COSTA, Ângelo Brandelli; NARDI, Henrique Caetano. Homofobia e Preconceito contra Diversidade Sexual: Debate Conceitual. Temas em Psicologia, v. 23, n. 3, p. 715-726, 2015. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-389X2015000300015. Acesso em: 20 dez. 2020.

DESSEN, Maria Auxiliadora; BRAZ, Marcela Pereira. A família e suas inter-relações com o desenvolvimento humano. In: DESSEN, Maria Auxiliadora; COSTA Jr., Anderson Luiz (Org.). A ciência do desenvolvimento humano: tendências atuais e perspectivas futuras. Porto Alegre: Artmed, 2005, p.113-131.

DONZELOT, Jacques. A polícia das famílias. 2. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1986.

ENGELS, Friedrich. A origem da família, da propriedade privada e do Estado. Clube de Autores, 2009.

FEITOSA, Cleyton. As diversas faces da homofobia: diagnóstico dos desafios da promoção de direitos humanos LGBT. Periódicus, n. 5, p. 300-320, 2016. Disponível em: https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaperiodicus/article/view/17193. Acesso em: 26 out. 2020

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade, v. I: a vontade de saber. São Paulo: Graal, 2005.

KRUCZEVESKI, Lais Regina; MARIANO, Silvana Aparecida. Família nuclear patriarcal: breves notas sobre a (re) construção da teoria social e os estudos feministas. Anais da UEL, UEL, Londrina, p. 1-8, 2014.publicas.php. Acesso em: 22 set. 2020

LOURO, Guacira Lopes. Um corpo estranho: ensaios sobre sexualidade e teoria queer. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

NARVAZ, Martha Giudice; KOLLER, Sílvia Helena. Famílias e patriarcado: da prescrição normativa à subversão criativa. Psicologia & Sociedade, v. 18, n. 1, p. 49-55, 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-71822006000100007&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 19 set. 2020.

NASCIMENTO, Geysa Cristina Marcelino; SCORSOLINI-COMIN, Fábio. A Revelação da Homossexualidade na Família: Revisão Integrativa da Literatura Científica. Temas em Psicologia, v. 26, n. 3, p. 1527-1541, 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-389X2018000300014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 20 set. 2020

OLIVEIRA, Givaldo Moisés. Comecei a sonhar com homens: a "saída do armário" vivenciada por homossexuais masculinos em suas interações familiares. (Dissertação de Mestrado). Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, PR, Brasil, 2019.

PERUCCHI, Juliana; BRANDÃO, Brune Coelho; VIEIRA, Hortênsia. Aspectos psicossociais da homofobia intrafamiliar e saúde de jovens lésbicas e gays. Estudos de Psicologia, v.19, n. 1, p. 67-76, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-294X2014000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 23 set. 2020.

PRADOS, Nathália Carneiro da Cunha; BRANDÃO, Brune Coelho; PERUCCHI, Juliana. Por onde circulam os corpos invisíveis? Intersecções entre população em situação de rua e gêneros dissidentes no acesso institucional urbano. REBEH - Revista Brasileira de Estudos da Homocultura, v. 2, n. 01, p. 141-170, 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/rebeh/article/view/9936. Disponível em: 12 set. 2020.

RAMOS, Douglas Oliveira. Famílias e homossexualidade: a experiência no centro de cidadania LGBT da capital. [SYN]THESIS, v. 9, n. 1, p. 63-73, 2016. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/synthesis/article/view/42320. Acesso em: 12 set. 2020.

SANTOS, Manoel Antônio dos.; BROCHADO JUNIOR, José Urbano; MOSCHETA, Murilo dos Santos. Grupo de pais de jovens homossexuais. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drogas, v. 3, n. 2, 2007. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-69762007000200002. Acesso em: 24 ago. 2020.

SANTOS, Maycon Regis Nogueira dos; GODOY, Emerson André de. Família e escola: a construção da homofobia no Brasil. Perspectivas em diálogo, v. 6, n. 11, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufms.br/index.php/persdia/article/view/7527#:~:text=Quanto%20%C3%A0%20escola%2C%20esse%20ambiente,indiv%C3%ADduos%20pertencentes%20%C3%A0%20comunidade%20LGBT. Acesso em: 22 ago. 2020.

SANTOS, Silvana Mara Morais dos. O pensamento de esquerda e os limites da luta pela liberdade de orientação sexual. Presença Ética: Revista Anual do Grupo de Estudos e pesquisa sobre Ética (GEPE), n. 3, 2002.

SCHULMAN, Sarah. Homofobia familiar: uma experiência em busca de reconhecimento. Bagoas – Estudos gays: gênero e sexualidade, v. 4, n. 5, p. 68-78, 2010. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/bagoas/article/view/2312. Acesso em: 19 set. 2020.

SEDGWICK, Eve Kosofsky. A epistemologia do armário. Cadernos pagu, v. 28, p. 19-54, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cpa/n28/03.pdf. Acesso em: 25 out. 2020.

SILVA, Sergio Gomes da; FRANÇA, Alexandre Nabor. Vidas Precárias: a Performatividade na Constituição das Violências Fóbicas em Gêneros e Sexualidades. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 39, p. 146-160, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932019000700309. Acesso em: 16 set. 2020.

SOLIVA, Thiago Barcelos; SILVA JUNIOR, João Batista. Entre revelar e esconder: pais e filhos em face da descoberta da homossexualidade. Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro), n. 17, p.124-148, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1984-64872014000200124&script=sci_arttext. Acesso em: 09 set. 2020.

SOUZA, Marcela Tavares de; SILVA, Michelly Dias da; CARVALHO, Rachel de. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo), v. 8, n. 1, p. 102-106, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-45082010000100102&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 21 dez. 2020.

TOKUDA, André Masao Peres; PERES, Wiliam Siqueira; ANDRÊO, Caio. Família, gênero e emancipação psicossocial. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 36, n. 4, p. 921-931, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-98932016000400921&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 09 set. 2020.

TOLEDO, Lívia Gonsalves.; TEIXEIRA-FILHO, Fernando Silva. Homofobia familiar: abrindo o armário entre quatro paredes. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v. 65, n. 3, p. 376-391, 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_artteext&pid=S1809-52672013000300005. Acesso em: 17 set. 2020.

XAVIER, E. Declínio do patriarcado: a família no imaginário feminino. Rio de Janeiro: Record, 1988.

WARNER, M. Fear of a queer planet. Minneapolis: University of Minnesota, 1993.

Publicado
2021-06-30