ESPAÇOS PEDAGÓGICOS EM AMBIENTE HOSPITALAR

Renata Marques Issa, Ediclea Mascarenhas Fernandes, Gabriela Rivas Machado

Resumo


Este artigo apresenta o Projeto de Iniciação à Docência “Atendimento Pedagógico Hospitalar e Modalidades de Atendimento em Educação Especial” da Universidade do Estado do Rio de Janeiro desenvolvido no Hospital Infantil Ismélia da Silveira. O objetivo desse trabalho é conhecer o projeto, analisando a função da prática pedagógica com as crianças hospitalizadas. A Pedagogia Hospitalar como processo pedagógico é uma realidade no vasto leque de atuação do pedagogo na sociedade contemporânea. Em muitos casos funciona em parceria entre hospital, Universidade através dos estagiários e a instituição escolar de onde o paciente é oriundo, preservando a continuidade do desenvolvimento da aprendizagem, através de metodologias diferenciadas, flexíveis e vigilantes que respeitem o quadro clínico. O enfoque metodológico é a pesquisa qualitativa, em que o professor-pesquisador durante o acompanhamento dos usuários, planeja e aplica propostas pedagógicas compatíveis aos espaços hospitalares mantendo o vínculo escolar da criança no momento de sua internação. Através deste projeto, obtivemos resultados positivos primeiramente para as crianças e para a formação dos acadêmicos, e ainda, para os pais das crianças que muitas vezes, encontravam-se deprimidos pelo estado de enfermidade de seus filhos internados.  


Palavras-chave


Pedagogia Hospitalar; Pedagogo; Prática Pedagógica

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Lei de Diretrizes e Bases da Educação do Brasil. 1996.

____. Ministério da Educação e Cultura. Estatuto da Criança e do Adolescente. 1990.

____. Ministério da Educação e Cultura. Diretrizes nacionais para Educação Especial na Educação Básica/ Secretaria de Educação Especial – MEC; SEESP, 2001.

____. Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente Hospitalizados. Resolução nº. 41 de 13 de outubro de 1995. Disponível no site: www.mj.gov.br. Acessado no dia 16 de Julho de 2010.

CECCIM, Ricardo Burg. Criança hospitalizada-atenção integral como escuta à vida. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRS, 1997.

____. FREITAS, Soraia Napoleão; PEIXOTO, Aromilda; FONSECA, Eneida Simões da. Classe Hospitalar e Atendimento Pedagógico Domiciliar: estratégias e orientações. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.

____. Classe Hospitalar: encontros da educação e da saúde no ambiente hospitalar. Ano 3, nº10, p.43, ago/out 1999.

FERNANDES, Edicléa Mascarenhas. Uma proposta para o redimensionamento do atendimento educacional em rede pública de ensino a pessoas portadora de retardo mental. In: O campo de Atenção Psicossocial. Rio de Janeiro: Instituto Franco Basaglia, Te Corá Editora, 2000.

____. Construindo um hospital hospitaleiro: acolhendo a família. In: Anais do III Encontro Nacional e I Encontro Baiano sobre Atendimento Escolar no Ambiente Hospitalar. Salvador, 2004, p.30-40.

____. GLAT, Rosana; ORRICO, Hélio; REDIG, Anie & FEIJÓ, Gabriela. A inclusão de pessoas com necessidades especiais através dos projetos de extensão do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Inclusiva da UERJ. In: Revista Interagir: pensando a extensão. nº 7. Rio de Janeiro: UERJ, DEPEXT, 2005.

FONSECA, Eneida Simões da. Atendimento escolar no ambiente hospitalar: revisto e atualizado. 2. ed. São Paulo: Memnon Edições Científicas Ltda, 2008. V. 1. p. 104.

____. ORRICO, Hélio; ISSA, Renata Marques (Org.) Pedagogia Hospitalar: princípios, políticas e práticas de uma educação para todos. - 1. ed – Curitiba, PR: CRV,2014. 108 P.

­____. CECCIM, Ricardo Burg. Atendimento pedagógico-educacional hospitalar: promoção do desenvolvimento psíquico e cognitivo da criança hospitalizada. Temas sobre Desenvolvimento, São Paulo, v. 7, n° 42, p. 24-36, 1999.

____. Classe hospitalar: ação sistemática na atenção às necessidades pedagógico-educacionais de crianças e adolescentes hospitalizados. In: Revista Temas sobre Desenvolvimento, V.8, Nº 44, Memnom, São Paulo, pp. 32-37, 2000.

FONTES, Rejane de. As possibilidades da Atividade pedagógica a como tratamento sócio afetivo da criança hospitalizada http://redalyc.uaemex.mx/redalyc/pdf Acessado em 13 de agosto de 2010.

PAIVA. Clayton Coelho. O Atendimento Pedagógico Hospitalar. Brasil, 2011, n° f. Monografia (Graduação em Pedagogia) – Faculdade de Educação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. 2011.

VYGOTSKY, Lev Semynovich. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 ISSN: 2358-1840

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported .