ALEGRIA E AMOROSIDADE COMO ESTRATÉGIAS DE RESISTÊNCIA PARA A RENOVAR A EDUCAÇÃO

  • Marina Patrício de Arruda
  • Carmen Lúcia Fornari Diez
  • Geraldo Antonio da Rosa
  • Simara Bertotto Westphal Marcon

Resumo

Este artigo decorre de reflexões realizadas por educadores de diferentes instituições educativas sobre a possibilidade da alegria e da amorosidade fundamentarem estratégias de re sistência democráticas para a educação. Esse estudo se baseia em depoimentos de professores da educação básica colhidos por meio de uma pesquisa qualitativa realizada entre 2017 e 2018. Os excertos utilizados nessa reflexão se destacam por indicarem momentos de “amorosidade e alegria” em sala de aula. Refletir sobre essa questão conduziu-nos ao pensamento de que para educar é necessário desenvolver condições para a construção de um espaço aberto à criatividade e à renovação.

Publicado
2019-08-22