AS REPRESENTAÇÕES DE NATUREZA PRESENTES NOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS: UMA COLABORAÇÃO PARA A ANÁLISE DE CONTEÚDOS DE CIÊNCIAS

Patrícia Elisa do Couto Chipoletti Esteves, Pedro Wagner Gonçalves

Resumo


No presente estudo objetivamos conhecer as representações de natureza presentes em seis Blocos Temáticos de dois volumes dos Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais e Meio Ambiente e Saúde. Para tanto, adotamos como suporte teórico a concepção de Representação Social de ambiente. Os dois documentos foram analisados com base na Análise Temática, uma modalidade da Análise de Conteúdo. Foram construídas a posteriori, duas categorias analíticas: (i) natureza causal e utilitária e (ii) natureza ecológica. Foi possível reconhecer que a concepção de natureza causal e utilitária é predominante nos dois volumes analisados. Além disso, a natureza concebida pelos documentos oficiais está relacionada ao homem urbano, é uma natureza antropogênica e urbana. Os resultados desse trabalho podem contribuir para entender quais concepções de natureza estão presentes em documentos que tratam de conteúdos de Ciências Naturais.


Palavras-chave


Ambiente. Currículo. Ciências da Natureza.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, I A. Educação ambiental nos currículos escolares. S.L; S.D, 2006.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1979.

BELO, C. L. A.; FALCAO, E. B. M.; FARIA, F. S. Processos da vida, processos da matéria: os diferentes sentidos de natureza entre biólogos e físicos. Educ. Pesqui. São Paulo, v. 38, n. 4, p. 919-934, out./dez., 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais. Brasília, DF: MEC/SEF, 1997a.

_______. ___________________. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Meio Ambiente e Saúde. Brasília, DF: MEC/SEF, 1997b.

_______. ___________________. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília, DF: MEC/SEF, 1997c.

FALCAO, E. B. M.; FARIA, F. S. Os sentidos de natureza na formação e na prática científica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 33, n. 2, p. 335-351, maio/ago., 2007.

LEFÈVRE, F.; LEFÈVRE, A. M. C. O discurso do sujeito coletivo: um novo enfoque em pesquisa qualitativa (desdobramentos). Caxias do Sul, RS: EDUSC, 2003.

___________.; ________________; TEIXEIRA, J. V. O discurso do sujeito coletivo: uma nova abordagem metodológica. Caxias do Sul, RS: EDUSC, 2000.

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. 5. ed. São Paulo, SP: Cortez, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

 ISSN: 2358-1840

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial 3.0 Unported .