Crise política e impeachment: Uma análise dos efeitos da cobertura midiática na deposição de Dilma Rousseff

  • Aiane de Oliveira Vieira Universidade Federal de São Carlos
Palavras-chave: Impeachment. Dilma Rousseff. Enquadramento midiático. Déficit democrático. Crise política

Resumo

O presente artigo propõe-se a desenvolver um estudo sobre os efeitos da cobertura midiática na deposição da Presidenta Dilma Rousseff. A discussão teórica é baseada na abordagem culturalista da democracia que defende que a incrementação dos meios de comunicação corrobora com a formação de cidadãos mais críticos e sofisticados politicamente. Parte-se da hipótese levantada por Norris (2011) que a cobertura negativa de eventos políticos influencia a descrença dos cidadãos acerca do governo, das instituições e do sistema democrático, aumentando assim o déficit democrático. Para provar esta hipótese este artigo utiliza pesquisas anteriores sobre o enquadramento do impeachment pela grande mídia brasileira, bem como pesquisas de opinião pública sobre o desempenho do governo de Dilma Rousseff. A partir da análise dos dados, conclui-se que a mídia brasileira não atuou imparcialmente e corroborou com a criação de um clima de conformação da opinião pública quanto a deposição da presidenta.

Biografia do Autor

Aiane de Oliveira Vieira, Universidade Federal de São Carlos

Bacharel em Relações Internacionais, PUC-GP

Mestre em Comunicação, The College of New Rochelle (EUA)

Mestre em Ciência Política, Universidade Federal de Goiás

Doutoranda em Ciência Política, Universidade Federal de São Carlos

Referências

Referências Bibliográficas

ALBUQUERQUE, Afonso de. Aqui você vê a verdade na tevê’. A propaganda política na televisão. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Universidade Federal Fluminense, Niterói, 1999.

ALMOND, Gabriel; VERBA, Sidney. The Civic Culture: Political Attitudes and Democracy in Five Nations. Princenton: Princentou University Press, 1963.

AMARAL, Oswaldo E. do; RIBEIRO, Pedro F. Por que Dilma de novo? Uma análise exploratória do Estudo Eleitoral Brasileiro de 2014. Revista de Sociologia e Política, v. 23, nº 56, p. 107-123, dez. 2015.

ANDERSON, Christopher; LOTEMPIO, Andrew. Winning, losing and political trust in America. British Journal of Political Science, v. 32, 2002.

AZEVEDO, Fernando Antônio. Agendamento da Política. In: ALBINO, Antônio; RUBIM, Canelas (org.) Comunicação e Política: Conceitos e Abordagens. Editora da UFBA e Fundação Editora Unesp: 2004.

AZEVEDO, Fernando Antônio. Mídia e Democracia no Brasil: relações entre o sistema de mídia e o sistema político. Opinião Pública, Campinas, vol. 12, nº 1, p. 88-113abr/maio, 2006.

AZEVEDO, Fernando. Corrupção, Mídia e Escândalos Midiáticos no Brasil. Em Debate, Belo Horizonte, v.2, n. 3, p. 14-19, mar. 2010.

BECKER, Camila; CESAR, Camila; GALLAS, Debora; WEBER, Maria H. Manifestações e votos ao impeachment de Dilma Rousseff na primeira página de jornais brasileiros. Revista Latinoamericana de Ciencias de la Comunicación, v. 13, n. 24, 2016.

CARDOSO, Yasmim R. G.; SOUZA, Rafael B. R. Dilma, uma “presidente fora de si”: o impeachment como um processo patriarcal, sexista e midiático. Revista Pauta Geral-Estudos em Jornalismo, Ponta Grossa, vol.3, n. 2, p.45 - 65 , Jul/Dez 2016.

COHEN, Bernard C. The press and foreign policy. Princeton: Princeton University Press, 1963.

DALTON, Russell J. Citizens Politics. Washington, DC: Congretional Quartely Press, 2008.

FERNANDES, Carla M,; CHAGAS, Genira C. A dramaticidade na narrativa do impeachment de Dilma Rousseff (PT) no Jornal Nacional. Revista Cultura Midiática, Ano IX, n. 17 - jul-dez/2016.

FERRACIOLI, Paulo; ANTONELLI, Diego. A história se repete: análise da cobertura jornalística dos impeachments de Collor e Dilma. Trabalho apresentado no 6º Encontro Regional Sul de História da Mídia, Alcar Sul, junho/2016 (GT de História do Jornalismo).

GUTEMBERG, Alisson; LEAL, Zulenilton S. O jogo político na arena midiática: uma análise do enquadramento noticioso na cobertura das manifestações de Março de 2015. Revista Temática, Ano XI, n. 05 - Maio/2015.

MCCOMBS, Maxwell; SHAW, Donald. The agenda-setting function of mass media. Public Opinion Quarterly, v. 36, p. 176-185, 1972.

MELO, Uirá de. Efeitos de mídia e adesão à democracia no Brasil após os protestos de 2013. Dissertação (Mestrado em Ciência Política) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2016.

MENEGUELLO, Raquel. Trust in government and democratic adherence in Brazil: 2002-2006. Trabalho apresentado no seminário Democracy and Distrust of Public Institutions in Brazil in comparative perspective. Center for Brazilian Studies, University of Oxford, 2007.

MIGUEL, Luís F. Capital político e carreira eleitoral: algumas variáveis na eleição para o Congresso brasileiro. Rev. Sociol. Polit. [online]. 2003, n.20, pp.115-134.

NOGUEIRA, Marco A. Sobre golpes, autogolpes e contragolpes: dilemas de uma democracia em Turbulência. Revista Ponto e Vírgula, PUC-SP, n. 19, primeiro semestre de 2016, p. 140-158.UC SP - No. 19 - Primeiro Semestre de 2016 - p. 140-158

NORRIS, Pippa. Critical Citizens: Global Support for Democratic Governance. Oxford: Oxford University Press, 1998.

NORRIS, Pippa. A virtuous circle? political communications in postindustrial societies. New York: Cambridge University Press, 2000a.

NORRIS, Pippa. Blaming the Messenger? Political Communications and Turnout in EU Elections. In: Citizen Participation in European Politics. Stockholm: 2000b, p.99-117.

NORRIS, Pippa. Democratic Defict: Critical Citizens Revisited. Cambridge: Cambridge University Press, 2011.

PORTO, Mauro. Enquadramentos da Mídia e da Política. In: ALBINO, Antônio; RUBIM, Canelas (org.) Comunicação e Política: Conceitos e Abordagens. Editora da UFBA e Fundação Editora Unesp: 2004.

POZOBON, Rejane de O.; DAVID, Carolina S. Impeachment de Dilma Rousseff: análise das estratégias argumentativas de Veja e Carta Capital após a votação na Câmara do Deputados. Revista Intexto, Porto Alegre, UFRGS. Online First. 2017.

PUTMAN, Robert. Making Democracy Work: Civic Traditions in Modern Italy. Princenton: Princenton University Press, 1994.

PUTMAN, Robert. Bowling Alone: The Collapse and Revival of American Community. Journal of Democracy, v. 6, n.1, p. 65-68. Maryland: John Hopkins University Press, 1995.

RUBIM, Antônio. A. C; COLLING, Leandro. Mídia e eleições presidenciais no Brasil pós ditadura. Comunicação e Política, Rio de Janeiro, v. 22, n. 3, p. 169-189, 2004.

SALIBA, Maurício G.; SANTIAGO, Brunna R. Bailarinas não fazem política? Análise da violência de gênero presente no processo de impeachment de Dilma Rousseff. Rev. direitos fundam. democ., v. 21, n. 21, p. 91-105, dez. 2016. Edição especial.

SAMPAIO, Thiago; LAZARIN, Maiara. Os ciclos da popularidade presidencial: lua-de-mel, ressaca e período eleitoral. Trabalho apresentado no 39º Encontro Anual da Anpocs, Caxambu-MG, out. 2015 (GT-6 Comportamento Político e Opinião Pública).

VREESE, Claes H.; BOOMGAARDEN, Hajo G. Media Message Flows and Interpersonal Communication: The Conditional Nature of Effects on Public Opinion. Communication Research, Vol. 33, n. 1, Fev. 2006.

ZALLER, John R. The Nature and Origins of Mass Opinion. Cambridge: Cambridge University Press, 13º ed. 1992.

Sites Acessados

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2014/08/18/avaliacao_da_presidente_dilma.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2014/09/01/avaliacao-dilma.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2014/12/08/avaliacao-dilma.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2015/02/09/arquivo-brasil.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2015/04/13/avaliacao_governo_dilma.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2015/06/22/avaliacao-dilma-intencao-de-voto-v2.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2015/08/06/avaliacao_dilma_agosto_2015.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2015/11/30/avaliacao_dilma.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2016/02/29/avaliacao_dilma_rousseff.pdf

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2016/04/11/avaliacao-presidente-dilma.pdf

http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/04/presidencia-anuncia-saida-de-vargas-temer-fica-na-articulacao-politica.html

https://www.brasil247.com/pt/colunistas/michelzaidan/190070/Sobre-a-crise-econ%C3%B4mica-e-pol%C3%ADtica-do-governo-Dilma.htm

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/06/ministro-vota-por-dar-prazo-de-30-dias-para-dilma-explicar-pedaladas.html

http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/07/eduardo-cunha-anuncia-rompimento-politico-com-o-governo-dilma.html

http://www.vanderbilt.edu/lapop/brazil.php

Publicado
2017-12-04
Seção
Artigos