PROGRAMA ALUNO CONECTADO

MATERIALIZAÇÃO E DESCONTINUIDADE DA POLÍTICA DE TECNOLOGIA EDUCACIOONAL EM PERNAMBUCO

Palavras-chave: Política Educacional, Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, Programa Aluno Conectado, Informática Educacional

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo compreender os processos de estabelecimento e posterior descontinuidade do Programa Aluno Conectado (PAC) em Pernambuco, como parte das políticas de inserção de tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC) na educação. A análise foi construída com base em pesquisa documental e entrevistas semiestruturadas com ex-integrantes da equipe de gestão do programa na Secretaria de Educação do Estado. Tomou como base para sua realização a Abordagem do Ciclo de Políticas formulada por Stephen Ball e Richard Bowe. Se ocupou também de compreender o histórico que antecede o referido programa como parte do chamado contexto de influência, parte do ciclo apontado por Ball. Essa trajetória possibilitou estabelecer o paralelo entre os programas anteriores e o Programa Aluno Conectado, percebendo semelhanças e identificando possíveis pontos em comum entre no que diz respeito às suas respectivas descontinuidades. O programa foi gradativamente minguando ao ponto de ser descontinuado, deixando de atender centenas de milhares de estudantes da rede estadual de ensino nesse processo. Um movimento que teria feito total diferença nos desdobramentos do contexto de ensino remoto imposto pela pandemia da COVID-19. Entende que a criação e descontinuidade do Programa Aluno Conectado em Pernambuco tem relação com o cenário político, no qual a inclusão digital estava inserida em um contexto de direitos. Identificou nas falas dos entrevistados, entre outros, elementos de natureza econômica como fatores decisivos para a descontinuidade de suas ações. Por outro lado, entende que sua descontinuidade também tem relação com a não sedimentação desse discurso como parte do direito à educação.

Biografia do Autor

Danilo Melo de Lima, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Mestre em Educação, Culturas e Identidades pela Universidade Federal Rural de Pernambuco – PPGECI (UFRPE/FUNDAJ), possui licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE/CAA). É integrante do Grupo de Pesquisa e Estudos Sobre a Docência (GPED), tem interesse em pesquisas sobre as políticas de inserção de tecnologias da informação e comunicação no contexto educacional

Cibele Maria Lima Rodrigues , Universidade Federal Rural de Pernambuco

Socióloga, pesquisadora da Fundação Joaquim Nabuco/MEC, professora do Programa de Pós-Graduação em Educação, Culturas e Identidades (UFRPE/FUNDAJ) e do Mestrado Profissional de Ensino de Sociologia (ProfSocio). Diretora de Pesquisas Sociais CECIM – Coordenadora do Centro de Estudos em Cultura, Identidade e Memória – FUNDAJ.

Referências

BOWE, R.; BALL, S.; GOLD, A. Reforming education & changing schools: case studies in policy sociology. London: Routledge, 1992.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Altas, 2008.

MAINARDES, Jefferson. Abordagem do Ciclo de Políticas: uma contribuição para a análise de políticas educacionais. Educação e Sociedade, Campinas, v. 27, n. 94, p. 47- 69, jan./abr. 2006.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. Ciência, Técnica e Arte: o desafio da pesquisa social. In:______ (org). Pesquisa Social: Teoria, método e criatividade. 21 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009. 80 p.

NÓBREGA, Gabriela Carvalho da. Dispositivos tecnológicos nas escolas como política educacional: uma análise a partir do Programa Aluno Conectado. 2015. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Sociologia, UFPE, Pernambuco.

PERNAMBUCO. Projeto de Lei Ordinária Nº 664/11. Pernambuco, 2011.

______. Lei Nº 14.546/11. Institui o Programa Aluno Conectado no âmbito das unidades públicas de ensino do Estado de Pernambuco. Pernambuco, 2011.

SILVA, Janaína Fernanda Dias da. O ensino de estratégias de leitura no Programa Aluno Conectado: o caso de um docente de Língua Portuguesa. 2014. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica, UFPE, Pernambuco.

SILVA, Renan Cabral da. Inclusão digital no brasil: trajetória e casos do Programa Aluno Conectado em Pernambuco. 2013. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ciência Política, UFPE, Pernambuco.

VAZ, Sebastião Cesar Galindo. Projeto executivo para produção de manual para orientação dos docentes usuários dos Tablets distribuídos pelo Programa Aluno Conectado na rede estadual de Pernambuco. 2016. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação Gestão em Organizações Aprendentes, UFPB, Paraíba.

Publicado
2021-12-28
Como Citar
Melo de Lima, D., & Maria Lima Rodrigues , C. (2021). PROGRAMA ALUNO CONECTADO. Revista Edutec - Educação, Tecnologias Digitais E Formação Docente, 1(1), 26. Recuperado de https://periodicos.ufms.br/index.php/EduTec/article/view/13662
Seção
Dossiê: Educação e tecnologias digitais em cenários de transição