Os invisíveis: Inclusão nos Anos Finais do Ensino Fundamental

  • Rosimar Serena Siqueira Esquinsani Universidade de Passo Fundo / UPF

Resumo

O texto parte da premissa que há uma invisibilidade que assola os alunos dos anos finais do ensino fundamental.  Os mesmos são ‘invisíveis’ em suas peculiaridades etárias e necessidades específicas.  Tal invisibilidade acomete também alunos Público Alvo da Educação Especial quando os mesmos chegam aos anos finais do ensino fundamental.  Assim, o texto objetiva evidenciar lastros de comprovação empírica acerca de tal invisibilidade, sinalizando o silenciamento sobre a inclusão de alunos PAEE no ensino fundamental regular, com destaque para os anos finais de tal etapa da educação básica.  A pesquisa foi consubstanciada em uma metodologia analítico-reconstrutiva, pautada pelo procedimento da análise de conteúdo e amparada por breve revisão de literatura.  Para o desenvolvimento dos argumentos, o procedimento metodológico adotado foi a análise de conteúdo, utilizando a técnica da análise temática, sendo que o corpus documental foi constituído a partir de artigos de periódicos científicos avaliados por pares e publicizados no Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Capes, entre 2009 e 2018.  Conclui respondendo de forma positiva a premissa inicial: a escolarização regular de alunos PAEE nos anos finais do ensino fundamental também é ‘invisível’ como preocupação acadêmica, reverberada em publicações científicas.

Biografia do Autor

Rosimar Serena Siqueira Esquinsani, Universidade de Passo Fundo / UPF
Doutora em Educação. Profesora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Passo Fundo.  Pesquisadora Pq/CNPq.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Trad. Luiz Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70, 2007.

BRASIL Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF, jan. 2008. [Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho nomeado pela portaria n. 555/2007, prorrogada pela portaria n. 948/2007, entregue ao ministro da Educação em 7 de janeiro de 2008])

DECHICHI, Claúdia. Educação especial e inclusão educacional: formação profissional e experiências em diferentes contextos. DECHICHI, Claúdia; SILVA, Lázara Cristina da; FERREIRA, Juliane Madureira (Org.). Uberlândia: EDUFU, 2011.

HAAS, Clarissa; SILVA, Mayara Costa da; FERRARO, Alceu Ravanello. Escolarização das pessoas com deficiência no Rio Grande do Sul ante o direito à educação. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 43, n. 1, p. 245-262, mar. 2017

JESUS, Denise Meyrelles de et al. As políticas públicas em ação no Estado do Espírito Santo: o que dizem as superintendências e as secretarias municipais de educação. In: MENDES, Eniceia Gonçalves; ALMEIDA, Maria Amelia (Org.). A pesquisa sobre inclusão escolar em suas múltiplas dimensões: teoria, política e formação. Maília: ABPEE, 2012. p. 159-174.

JESUS, Denise Meyrelles de; VIEIRA, Alexandro Braga; EFFGEN, Ariadna Pereira Siqueira. Pesquisa-ação colaborativo-crítica: em busca de uma epistemologia. Educação e Realalidade, Porto Alegre, v. 39, n. 3, p. 771-788.

KAFKA, Franz. A metamorfose. São Paulo: Conrad editora do Brasil, 2010.

MEIRIEU, Philippe. O Cotidiano da Escola e da Sala de Aula: o fazer e o compreender. (Faire l’école, faire la classe). Porto Alegre: Artmed. 2005.

MENDES, Enicéia Gonçalves. Sobre alunos “incluídos”: reflexões sobre o conceito de inclusão escolar. In: VICTOR, Sonia Lopes; VIEIRA, Alexandro Braga; OLIVEIRA, Ivone Martins de (Org.). Educação especial inclusiva: conceituações, medicalização e políticas. Campos dos Goytacazes, RJ: Brasil Multicultural, 2018. p. 58- 81.

SILVA, Naiane Cristina; CARVALHO, Beatriz Girão Enes. Compreendendo o Processo de Inclusão Escolar no Brasil na Perspectiva dos Professores: uma Revisão Integrativa. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 23, n. 2, p. 293-308, jun. 2017.

VIEIRA, Alexandro Braga; RAMOS, Ines de Oliveira; SIMOES, Renata Duarte. Inclusão de alunos com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento: atravessamentos nos currículos escolares. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 44, e180213, 2018

VILARONGA, C. A. R.; MENDES, E. G. Ensino colaborativo para o apoio à inclusão escolar: práticas colaborativas entre os professores. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 95, n. 239, p. 139-151, jan./abr. 2014.

VOLTOLINI, Rinaldo. Interpelações Éticas à Educação Inclusiva. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 44, n. 1, e84847, 2019

Publicado
2021-07-19